Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 9 de agosto de 2019


Loteria Ultrapassam os R$ 19 milhões os papagaios do ex-prefeito Luiz Caetano (PT) com Dívida Ativa de Camaçari. Referentes a multas e ressarcimentos aos cofres públicos aplicados pelo Tribunal de Contas dos Município (TCM), quando foi gestor nos seus 2 últimos mandatos (2005/2012), conta que originalmente ultrapassa os R$ 8 milhões sem correção, reúne ações computadas até meados deste ano e já sob a responsabilidade da Justiça. 


Loteria 2 A Coluna apurou que o também ex-alcaide Ademar Delgado, ex-petista e agora sem partido, é outro que aparece na lista da Dívida Ativa do município. Durante os 4 anos de gestão (2013/2016), Delgado foi punido em quase R$ 210 mil entre multas e ressarcimentos. 


Loteria 3 Para Delgado, com patrimônio informado de quase R$ 1 milhão (R$ 983 mil), segundo sua declaração apresentada no pleito de 2012, portanto há 7 anos, dívida tem tamanho de um carro de luxo. 


Loteria 4 Já o ex-deputado Caetano, que informou na sua declaração de campanha de 2018 um patrimônio de R$ 476 mil, dívida de R$ 19 milhões é qualquer coisa próxima a 35 vezes o somatório dos seus bens. Uma verdadeira Mega-Sena às avessas. 


Loteria 5 Empilhadas na Vara da Fazenda Pública de Camaçari, ações seguem sem finalização graças ao acúmulo de processos, que segundo apurou a Coluna, ultrapassam os 150 mil. Mesmo com a criação da Segunda Vara da Fazenda Pública, no ano passado, volume astronômico para apenas 2 juízes, termina beneficiando quem deve, tem que pagar, mas segue aguardando para ver o que acontece. 


Sinais A memória da ialorixá Mãe Eulina segue desrespeitada pela prefeitura de Camaçari. Apesar dos alertas do Camaçarico, praça em homenagem à Mãe de Santo falecida em 1995, localizada no bairro da Bomba, continua com o topônimo, ou designação do logradouro, errado. 


Sinais 2 Quase 8 meses depois de denunciado o equívoco sem a necessária correção, descaso não pode mais ser tratado como pura incompetência da equipe do governo municipal. Demora em atender o alerta feito logo após a entregada dos serviços de requalificação do espaço em janeiro (Confira), que  foi novamente cobrado em abril (Confira), sinaliza uma inexplicável proximidade com o condenável e criminoso comportamento classificado como intolerância religiosa. 


Sinais 3 Responsável pela reinauguração do espaço, erradamente batizado de praça Maria Eulina, quando seu nome de nascimento é Eulina Maria, a atual gestão, que possui estruturas para  evitar esses equívocos como as pastas de governo (Segov) e a de desenvolvimento social e cidadania (Sedes), através da sua coordenação de igualdade racial, não pode continuar sinalizando descaso e descompromisso com a história e a memória de Camaçari. 


Sinais 4 O alcaide Antonio Elinaldo (DEM) precisa entender e mandar consertar o erro. O espaço não tem outra denominação senão praça Mãe Eulina, homenagem justa e legítima a uma das mais importantes sacerdotisas do Candomblé no município. 


Coleira A assessoria de comunicação da secretaria de saúde de Camaçari informa ao Camaçarico que não é da sua alçada a responsabilidade pela punição de donos de animais que invadem as residências dos vizinhos (Confira). Com a Sesau se eximindo, por exclusão só resta à secretaria de desenvolvimento urbano (Sedur) a missão de colocar seus fiscais para agir. 


Se ligue  Próxima sexta-feira (14), a partir das 14h, tem Live sobre estratégias para um bom desempenho na primeira eleição com permissão de propaganda paga no Facebook e Instagram. Conversa será comandada pelos jornalistas Yuri Almeida, mestre pela UFBA e especialista em marketing pela USP e membro da equipe de comunicação do governador Rui Costa; e Geraldo Honorato, especialista em marketing digital pela Unifacs e em marketing político pela UFBA. A participação é gratuita e exige apenas a inscrição pelo link http://bit.ly/VenhaPraLive.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


9/8/2019 Atualização às17h05

Mais Notícias

Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto
Número de queimadas no Brasil aumenta 82% em 2019
Grupos de direita usam mais o WhatsApp que os de esquerda
Salvador sedia Semana Latino-Americana sobre mudança do clima
Trabalho remunerado por hora já representa 9% dos contratos
Lava Jato usou dados da Receita Federal de forma ilegal, diz site


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL