Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 24 janeiro 2019


Eulina Maria da Silva, conhecida como sacerdotisa do candomblé 'Mãe Eulina'

Dá um Google A equipe do alcaide Antonio Elinaldo (DEM) precisa ter mais cuidado com a cidade para a qual trabalha. A inauguração da nova praça em homenagem à ialorixá Mãe Eulina, na noite de terça-feira (22), no bairro da Bomba, sede de Camaçari, terminou virando uma festa de erros. Começou pelo nome da importante camaçariese, nascida num 21 de outubro da primeira década de 1900, e identificada na placa como Maria Eulina, quando sua certidão de batismo indica Eulina Maria da Silva.


Dá um Google 2 A estrutura responsável pelo projeto visual da praça não só errou no nome como retirou o seu mais importante título. Espaço sempre foi conhecido como praça Mãe Eulina, numa referência a sua identidade religiosa e importância para a preservação e fortalecimento do candomblé e as tradições da religião de matriz africana. Agora é substituir o adesivo com a identidade certa e restabelecer a história. 


Cautela  O ex-prefeito de Camaçari e ex-deputado federal a partir de 1º de fevereiro, Luiz Caetano (PT), segue esperançoso na luta pela recuperação do mandato tirado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Coluna apurou que o parlamentrar recorre em fevereiro com agravo no TSE, e liminar pedindo o direito de assumir o mandato no Supremo Tribunal Federal (STF). Como os prazos não se esgotam nesse janeiro, Caetano espera fevereiro quando o ministro Luiz Fux, pedreira na certa para suas pretenções, já deixou o plantão. 


Premonição  Foi do vereador Rui Magno (DEM) a pérola dos discursos na noite de inauguração da praça Mãe Eulina. Embalado, o edil não perdeu a oportunidade para fazer sua média diferenciada com o alcaide Antonio Elinaldo. Inspirado, lembrou que o gestor é tão eficiente, mas tão eficiente, que inicia uma obra ‘num piscar de olhos’, antes mesmo do vereador fazer o requerimento pedindo o benefício.


Premonição  2 Na verdade, o que o vereador governista não poderia dizer é que a obra  termina ganhando padrinho com o requerimento ‘solicitando’ a melhoria,  já estava prevista no cronograma da prefeitura. Nesse jogo de compadre para beneficiar aliados, comum em todas as gestões, até vereadores oposicionistas estão tentando  tirar uma casquinha com pedidos de serviços. 


Travada Continua engasgado no torniquete o projeto de implantação da meia passagem aos domingos e feriados no sistema de transporte coletivo de Camaçari. Apresentada em 2017 pelo vereador demista Junior Borges, ainda na gestão do ex-petista e depois sem partido, Ademar Delgado, proposta segue longe de ser viabilizada no governo do companheiro de partido Antonio Elinaldo.


Travada 2 Assim como Ademar, Elinaldo segue com o sistema engarrafado por falta de decisões que ofereçam a Camaçari um serviço de transporte decente e seguro. Expectativa é de que a nova gestão da superintendência de trânsito e trnsportes (STT) bote para andar a licitação do sistema de transporte, único roteiro para tornar o serviço seguro e justo. 


Equívoco  Quem resolveu se manifestar sobre as denúncias do Camaçarico sobre o excessivo número de professores e servidores lotados na Escola Municipal de Educação Infantil da Nova Vitória foi a educadora Maria Luiza D'Errico. Mesmo sem ser citada pela reportagem, a professora e assessora especial da professora doutora Neurilene Martins, titular da secretaria de educação (Seduc), preferiu atacar o Camaçari Agora, chamando a denúncia postada pelo Camaçarico (Confira) de ‘fake news’. 


Equívoco 2 Através de postagem enviada pelo WhatsApp para professores do município, a educadora, membro de tradicional família de políticos da cidade,  tenta desqualificar o trabalho da imprensa e ataca o "jornalista" que ela sempre festejou. No seu texto, que a Coluna teve acesso e reproduz na íntegra abaixo, a professora acusa o editor da Coluna de não buscar a 'fidelidade da informação', e de se aliar a grupos políticos de oposição derrotados pelo atual governo municipal. 


Equívoco 3 No seu afã de defender o governo, ao invés de usar sua reconhecida experiência como educadora do município e ex-subsecetária da pasta, para ajudar a explicar a estranha lista de 146 profissionais, entre professores e educadores, alojados numa creche com duas salas e 30 alunos, a professora terminou engordando a lista de dúvidas sobre o caso, com um discurso agressivo e nada construtivo.


Equívoco 4 Prova de respeito ao direito de resposta, comum na sua linha editorial, foi dada pelo Camaçarico ao publicar a nota da prefeitura na íntegra, no mesmo espaço e com o mesmo destaque da denúncia. O editor lamenta a dificuldade de algumas figuras públicas em reconhecer o papel da imprensa e reafirma seu compromisso com a informação e com o leitor. 


Confira a íntegra da postagem 


Canalhas vivem de oferecer munição para fake news. 


Assim são todos os que fazem política rasteira. Aí inclusos "jornalistas" que não buscam a fidedignidade da informação, agentes públicos venais e até certos "educadores" de caráter duvidoso. De repercutir dados alarmantes e falsos se "alimentam" os derrotados, aqueles que choram incessantemente a perda do poder, as viúvas carpideiras (escrevi sobre isso).


Quem é verdadeiro educador, quem foi ou é gestor sério de unidade escolar, quem foi ou é secretário de Educação decente sabe que jamais aconteceria esdrúxula informação se não fosse por equívoco no fornecimento e publicação de dados. 


São tão estapafúrdios que apenas nos cabe lamentar o cinismo com o qual riem nas redes sociais por algo que não se sustenta a vida toda: a mentira!


Uma Escola de duas salas de aula, nunca teria um número exorbitante de servidores no Censo Escolar, porque o próprio sistema rejeitaria; os órgãos de controle e fiscalização teriam denunciado. Parem, que está feio!


Querem o poder? Lutem por ele, decentemente. 


Só não rirei da cara de vocês, porque o assunto é sério, além do que nem meu sorriso ou gargalhada vocês merecem.Tenho dito!


Maria Luiza D'Errico Nieto.


(Sobre a fake news referente à Creche da Nova Vitória, publicada pelo Camaçari Agora) 


 
Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php 


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


24/1/2019

Mais Notícias

Padrasto de Eva deve responder por mais de 10 crimes
Maioria dos brasileiros vai curtir o carnaval sem deixar o celular
Reforma da Previdência corta até vantagens de deputados
MP aciona Téo, Marcelino e Oziel por gasto excessivo de combustível
Camaçarico 22 fevereiro 2019
Pesquisa mostra Rui e ACM Neto com boa aprovação pelo eleitor
MP aciona médico do HGC por descumprir jornada de trabalho
PSDB alega falta de código de ética e perdoa Aécio e Azeredo
Reforma da Previdência vai afetar a renda dos mais ricos
Autoridades policiais confirmam 176 mortes em Brumadinho


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL