Busca:





Música de Agora na Bahia

Em setembro, Camaçari se transforma em palco para a abertura da Série Interior do projeto Música de Agora na Bahia 2014-5. Com uma série de mais de 100 ações artísticas, de formação de plateia e de músicos, o MAB é uma iniciativa que envolve público e artistas em direção à conscientização e difusão da produção musical atual com o olhar focado na Bahia.


O MAB busca apresentar ao público a produção de música contemporânea na Bahia, qualificar compositores e intérpretes, além de mostrar à população um outro lado da arte, colaborando com seu enriquecimento cultural. 


O projeto conta com concertos com artistas locais, nacionais e internacionais, palestras, recitais em escolas públicas, intervenções performáticas, seminários, workshops, concursos de composição locais e um latino-americano, além da concessão de bolsas para estudantes da rede pública e para compositores de outros estados do Brasil. 


O MAB é realizado pela Associação Civil Oficina de Composição Agora, que desde 2004 desenvolve atividades artísticas e educacionais no âmbito da música popular e erudita no Brasil e internacionalmente. 


O lançamento da Série Interior, que conta com cinco concertos no interior do Estado, acontece às 15h desta quarta-feira (03), no Teatro da Cidade do Saber, em Camaçari. 


No programa, uma mostra da produção de compositores contemporâneos da Bahia, de várias gerações, pela interpretação do Ensemble MAB, formado pelos renomados músicos Lucas Robatto, Pedro Robatto, Vladimir Bomfim e Fernanda Monteiro.  é uma oportunidade ímpar de ouvir performances de alto nível de obras de Paulo Costa Lima, Alexandre Espinheira, Paulo Rios Filho, Guilherme Bertissolo, Túlio Augusto, Alisson Gonçalves, Joélio Santos e Danniel Ferraz.




Afrocidade

O palco externo do Teatro Alberto Martins recebe nesta sexta-feira (29/08), às 22h, o Afrocidade. O evento abre a segunda temporada dos ensaios da banda. A cada semana, convidados da cena musical camaçariense e de outras localidades participarão dos shows. Nessa edição, Carol Assemany e Jorge Figueiredo se apresentam juntos com o grupo.


O Afrocidade é formado por músicos oriundos da Cidade do Saber sob orientação do educador Eric Mazzone. Os artistas são moradores das localidades de Arembepe, Barra do Jacuípe, Parafuso e da sede do Município. O repertório da banda inclui composições próprias e releituras de grandes sucessos da música popular brasileira.


A entrada do ensaio custa R$ 10 na bilheteria, mas o público também pode antecipar a compra do ingresso e ganhar um desconto. Para isso, é necessário enviar um email até às 18h para listaafrocidade@gmail.com e garantir a entrada por R$ 5. Nesse caso, o pagamento também é feito na portaria após a conferência da lista com os nomes dos beneficiados.




As Aventuras da Galinha Magricela

Após três apresentações neste ano, a peça As aventuras da galinha magricela volta a entrar em cartaz no Teatro Alberto Martins. A montagem será exibida nesta sexta-feira (29/08), em duas sessões, às 10h e às 14h. Os ingressos começam a ser vendidos uma hora antes do início do espetáculo pelo valor único de R$10,00.


Dirigida por Tony de Souza e com integrantes do Bando de Teatro Resistência, a montagem conta a história da Galinha Magricela, que acompanhada da amiga Mariana, vive inusitadas aventuras na tentativa de salvar a indefesa Galinha Pintadinha das barbatanas do malvado capitão Tubarão.


A peça mostra ainda os encontros e desencontros das personagens, que enfrentam perigosos e atrapalhados piratas até descobrirem o verdadeiro valor da amizade. 




Azul Resplendor

O público de Camaçari terá a oportunidade de celebrar os 60 anos de carreira e 80 de vida da atriz Eva Wilma - um dos grandes nomes do teatro e da televisão brasileira - durante o espetáculo "Azul Resplendor", a ser exibido no dia 28 de agosto, às 19h, no Teatro Cidade do Saber.


O espetáculo, uma comédia dramática escrita pelo peruano Eduardo Adrianzén, será ainda uma homenagem ao mundo do teatro, pois é um retrato sem retoques do ofício de ator. Além de Eva Wilma, estão no elenco os atores Renato Borghi, Guilherme Weber, Luciana Borghi, Débora Veneziani e Felipe Guerra.


Gratuito e com classificação etária de 14 anos, o espetáculo faz parte do projeto de Mediação Cultural que oferece ingressos para instituições culturais e educacionais. Será disponibilizada ainda uma cota de 250 ingressos para a população no dia do espetáculo (28/08), a partir das 14h, na bilheteria do Teatro. Só serão entregues duas unidades por pessoa. 


Ao longo da sua carreira a atriz Eva Wilma participou de 28 peças teatrais, 24 filmes, mais de 60 trabalhos na TV, entre mini-séries, seriados, tele-teatros e novelas. Em "Azul Resplendor" ela interpreta, conforme salientou a própria Eva Wilma, com o mesmo entusiasmo de quando encenou pela primeira vez na peça "Uma Mulher e Três Palhaços", realizada pelo Teatro de Arena e apresentada nos anos de 1953 e 1954.


Na pele de Blanca Estela Ramirez (ex-atriz, entre 70 e 80 anos), Eva Wilma interpreta uma diva considerada uma das maiores estrelas de seu tempo, que deixou os palcos há exatamente 30 anos, no auge de sua carreira, sem dar explicações. 


Desde então, vive só e reclusa. Seu retiro voluntário é abalado pela visita inesperada de seu maior fã que a procura para realizar seu sonho de subir ao palco ao seu lado. No apagar das luzes, a grande dama do teatro nacional terá de enfrentar a performance mais importante de sua vida. 


As pessoas sempre querem saber o que se passa fora dos holofotes e o texto é pródigo na revelação dessa "intimidade" de camarim. Em uma época de culto às celebridades, "Azul Resplendor" trata de maneira crítica e bem humorada o ávido interesse que o público tem dedicado à vida privada dos artistas.


A peça trata das relações complexas que se estabelecem entre os artistas durante a criação de um espetáculo: os jogos de poder, os afetos, as ambições, as frustrações e etc. A obra abre aos espectadores as entranhas do teatro, o que realmente acontece no mundo dos bastidores. 




As Rimas de Catarina

"As Rimas de Catarina" entra em cartaz no Teatro Cidade do Saber (TCS)  dia 26/08, às 15h. Inspirado na famosa montagem "A Torta e o Pastelão", um clássico do teatro cômico da Idade Média, o enredo propõe uma viagem por um mundo de faz-de-conta e promete muitas emoções.
 
A estória se passa em torno do encontro da meiga Catarina, pasteleira que trabalha noite e dia fazendo doces e salgados para seu cruel patrão Leopoldo, com o saltimbanco Pirulão e o seu parceiro Disposto – um boneco encrenqueiro que se recusa a trabalhar de barriga vazia. Juntos, vivem incríveis aventuras que transformam completamente a vida da garota. 
 
"As Rimas de Catarina" tem direção de João Lima, texto de Ilma Nascimento e interpretação dos atores Jorge Baía e Bira Freitas, que dão vida aos diversos personagens que compõem a peça, apoiados na técnica do teatro de animação.
 
A apresentação faz parte do Projeto de Mediação Cultural, um programa de formação em artes cênicas voltado para escolas públicas, ONGs e associações comunitárias de Salvador, Camaçari, Dias D'Ávila e Simões Filho. Realizado pela Realejo Projetos e coordenado pela Caderno 2 Produções Artísticas, o projeto tem patrocínio da Braskem e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, e conta com a parceria da Cidade do Saber.
 
Entradas – Para a população interessada em prestigiar o espetáculo, serão disponibilizados 50 ingressos gratuitos que poderão ser retirados na bilheteria do TCS no dia do espetáculo, a partir das 14h.




Com carinho

A festa desta segunda-feira (25) é no clã dos Lindu. O patriarca, mestre Arlindo, soma mais um ano no álbum de experiências vividas e construídas na batalha do atacado e varejo da vida. No comando das homenagens  D. Eliana, porto seguro e inseparável companheira. Parabéns, mestre Lindu




"Missão Comédia" -

Em turnê pelo interior da Bahia, o ator e comediante Miguel Vieira apresenta o espetáculo 'Missão Comédia', que promete animar o público do Teatro Cidade do Saber (TCS) neste sábado (23), às 20h. A montagem segue a linha da moderna Stand Up Comedy e consiste em um pout-pourri de histórias hilárias que vão de momentos inusitados a situações comuns do dia-a-dia. 


Miguel Vieira fala com irreverência sobre relacionamentos fracassados, internet e de personagens engraçados que povoam o universo dos baianos, como o corno ciumento, a piriguete, a doméstica, dentre outros.


Considerado destaque da nova geração da comédia baiana, Miguel possui um humor satírico, rápido e aguçado, proporcionando ao público grandes momentos de interação e descontração, abusando de improvisos e surpreendendo pela originalidade e carisma.


As entradas custam R$20 (inteira) e R$10 (meia) e estarão à venda na bilheteria do TCS a partir do dia 20 de agosto (quarta-feira), das 14h às 17h, e no dia do espetáculo, das 14h até o horário de início da apresentação. 




"Um Caso de Língua"

Um misto de diversão e informação. É o que promete "Um Caso de Língua", que estará em cartaz no Teatro Cidade do Saber (TCS), no dia 21/08 (quinta-feira), às 15h. O espetáculo é dirigido pela diretora e coreógrafa Carmem Paternostro e encenado pelo ator Urias Lima, consagrado como Melhor Ator pelo Prêmio Braskem de Teatro em 2008.


Resultado de mais de quatro anos de anotações, leituras e cuidadosa pesquisa sobre a origem da língua falada no país, "Um Caso de Língua" faz um mosaico da formação do português brasileiro a partir das influências de três matrizes linguísticas: africana, portuguesa e tupi. 


A montagem contém referências a ilustres baianos como Caetano Veloso e Jorge Amado, por meio das quais o público vai sendo introduzido nas variações de alguns falares da língua nacional e suas origens.


A apresentação integra o Projeto de Mediação Cultural, um programa de formação em artes cênicas voltado para escolas públicas, ONGs e associações comunitárias de Salvador, Camaçari, Dias D'Ávila e Simões Filho. 


Realizado pela Realejo Projetos e coordenado pela Caderno 2 Produções Artísticas, o projeto tem patrocínio da Braskem e do governo do Estado pelo Fazcultura, e conta com a parceria da Cidade do Saber.


Serão disponibilizados 50 ingressos gratuitos, que poderão ser retirados a partir das 14h, na bilheteria do teatro, no dia da apresentação, para os interessados em prestigiar o espetáculo.  




Solidariedade

A Creche Comunitária Carmem Mirim, em Camaçari, promove uma feijoada beneficente, dia 6 de setembro na sede da entidade, no Jardim Limoeiro.  O evento terá como atrações as cantoras Carla Lis e Cida Black, e o grupo 'Fora da Mídia'. A entrada custa R$ 15 e o dinheiro arrecadado será aplicado na creche que atende 70 crianças carentes da comunidade.




Registro

Bolo, velinhas e abraços com o tradicional tapinha nas costas. O ritual ocupa parte desta sexta-feira (15), do assessor do executivo municipal e colunista do Camaçari Agora, Adelmo Borges. O aniversariante do dia é conhecedor como poucos dos caminhos, atalhos e descaminhos da política. Daí a maratona de afagos de amigos, aliados e até adversários.




"Barrinho, o Menino de Barro" -

Vencedor do Prêmio Braskem de Teatro 2013 na Categoria Melhor Espetáculo Infanto-Juvenil, "Barrinho, o Menino de Barro" entra em cartaz no Teatro Cidade do Saber (TCS) nesta quarta-feira (13/08), às 10h e às 15h. 


A peça, baseada na obra "Barrinho", da poetisa, escritora e professora baiana, Mabel Velloso, conta a história de um menino que modela um boneco de barro que se torna o seu brinquedo preferido. Em uma noite de lua cheia, o garoto deseja profundamente uma companhia, alguém com quem possa conversar, e então olha para o céu e pede um irmão. Como num passe de mágica, o brinquedo ganha vida e começa a falar.


Com quatro atores e quatro bailarinos em cena, a montagem possui duas ações: os bailarinos, além de contribuírem com coreografias que remetem ao universo baiano, participam também da montagem do cenário, auxiliam na troca de figurinos e compõem as cenas como personagens. A segunda ação é a inserção da Língua Brasileira dos Sinais (Libras), de forma leve e criativa.


A apresentação faz parte do Projeto de Mediação Cultural, um programa de formação em artes cênicas voltado para escolas públicas, ONGs e associações comunitárias de Salvador, Camaçari, Dias D'Ávila e Simões Filho. 


Realizado pela Realejo Projetos e coordenado pela Caderno 2 Produções Artísticas, o projeto tem patrocínio da Braskem e do governo do Estado da Bahia, por meio do Fazcultura, e conta com a parceria da Cidade do Saber.


Serão disponibilizados 50 ingressos gratuitos que poderão ser retirados na bilheteria do TCS no dia do espetáculo, uma hora antes de cada apresentação, às 9h e às 14h, respectivamente.




Eterno Aprendiz -

Estreia neste domingo )10/08), às 19h, no Teatro Cidade do Saber, o musical Gonzaguinha o Eterno Aprendiz, espetáculo que busca preservar a memória de um dos maiores compositores e intérprete da MPB (Música Popular Brasileira), Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, mais conhecido como Gonzaguinha.


Pela primeira vez em Camaçari, a montagem leva ao público passagens da vida do artista ao som de 16 músicas, dentre elas, "Começaria Tudo Outra Vez", "Explode Coração", "Grito de Alerta", "Diga lá", "Coração" e "Eterno Aprendiz (O que é o que é?)". Sucessos que marcaram uma geração na década de 60, quando o cantor iniciou a trajetória artística.


O musical é de autoria do poeta mineiro Gildes Bezerra e conta com a colaboração de Rogério Silvestre, ator que interpreta Gonzaguinha.


Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Cidade do Saber, das 14h até o início da apresentação. 




Deu a louca na TV -

Deu a louca na TV é o título do espetáculo que será apresentado nesta sexta-feira (08/08), às 10h, 13h e 15h, e sábado (09/08), às 17h, 19h e 20h30, no Teatro Alberto Martins, pelo O Mundo do Chiquinho.


O primeiro dia da peça em Camaçari é destinado ao Projeto Escola, que beneficia os estudantes com acesso ao teatro. No segundo dia, a apresentação é aberta ao público em geral.


Destinada ao público infantil, a montagem é uma mistura de teatro, musical e performance.


Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do teatro e custam R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). A classificação é livre.




'Kodak' -

No dia 12/08 (terça-feira), às 15h, o Teatro Cidade do Saber (TCS) recebe o espetáculo de dança  "Kodak". Interpretada pelo coreógrafo e bailarino Neto Machado, a performance artística propõe a construção de uma peça totalmente analógica em uma era digital. Fruto de uma pesquisa que mescla a técnica de animação stop motion, séries de TV japonesas e filmes de ação, a montagem ainda mistura dança contemporânea e street dance para criar novidades na percepção dos movimentos.
 
O cenário é formado por 100 caixas de arquivo coloridas que, no desenrolar cênico, estão sempre sendo rearranjadas, como peças de lego, construindo um mundo de plástico onde nada é feito para durar. De dentro das caixas, surgem centros urbanos, filmes de catástrofe, um número musical, vídeo games, desenho animado e em quadrinhos e tantas outras referências à cultura pop.
 
A apresentação faz parte do Projeto de Mediação Cultural, um programa de formação em artes cênicas voltado para escolas públicas, ONGs e associações comunitárias de Salvador, Camaçari, Dias D'Ávila e Simões Filho. Realizado pela Realejo Projetos e coordenado pela Caderno 2 Produções Artísticas, o projeto tem patrocínio da Braskem e do governo do Estado, por meio do Fazcultura e conta com a parceria da Cidade do Saber. 


Para a população interessada em prestigiar o espetáculo, serão disponibilizados 50 ingressos gratuitos, que poderão ser retirados na bilheteria do TCS no dia do evento, a partir das 14h.
 
Neto Machado – Mestre em Artes Cênicas pela UFBA, Neto Machado mora atualmente em um castelo alemão na cidade de Stuttgart com uma bolsa de Criação do Instituto Akademie Schloss Solitude. Lá, se dedica a testar novos projetos como coreógrafo, dançarino, ator e comunicador. Neto já circulou por mais de 50 cidades brasileiras e 10 países, e atualmente é um dos coordenadores do Dimenti, ambiente criativo que produz diversos projetos na área de artes cênicas.




Zulmira -

O público de Camaçari e região terá a oportunidade de conhecer, em primeira mão, a mais nova montagem da companhia baiana de dança contemporânea. No dia 07/08 (quinta-feira), às 19h, o Teatro Cidade do Saber (TCS) recebe a pré-estreia do espetáculo "Zulmira", executado pelo Balé Teatro Castro Alves (BTCA).


No palco, 14 dançarinos contam uma história utilizando o movimento do corpo como linguagem principal. No enredo, a construção e desconstrução de estereótipos fazem o público identificar-se e refletir sobre certos comportamentos coletivos, a exemplo da tão popular paixão pelo futebol.


A montagem tem concepção, encenação coreográfica, figurino, adereço e visagismo de Rino Carvalho. Curadoria artística e iluminação de Jorge Vermelho. A trilha sonora, de Emerson Cabral e Cassius Cardozo, foi composta especialmente para este espetáculo.  


No elenco, estão os atores/bailarinos Adriana Bamberg, Ajax Vianna, Anna Drehmer, Ângela Bandeira, Dina Tourinho, Gilberto Baía, Konstanze Mello, Lílian Pereira, Luis Molina, Maria Ângela Tochilovsky, Luíza Meireles, Renivaldo Nascimento, Rita Brandi e Solange Lucatelli. 


A entrada é gratuita. Uma cota de 250 ingressos estará disponível na bilheteria do TCS no dia do espetáculo, das 14h até o horário de início da apresentação. As entradas restantes serão destinadas ao Projeto de Mediação Cultural, que consiste na distribuição de ingressos para instituições sociais e unidades públicas de ensino do município.




'Essas mulé tem é arte'

De sexta-feira até domingo (01 a 03/08), o Bando das Artes Cínicas apresenta a comédia teatral Essas mulé tem é arte, no Teatro Alberto Martins. Na sexta e sábado, a apresentação acontece às 20h e no domingo, às 19h.


O espetáculo conta a história de Bárbara (Ayran Reis) e de Rizó (Pretha Sousa), mulheres que vivem intensamente os sonhos dentro das realidades. Elas são donas de terreiros e o alicerce de uma grande vida embalada pelo amor ao mundo da arte. 


A comédia questiona padrões impostos às mulheres, ao mesmo tempo em que retrata os sonhos e a luta para ser livre e viver pela arte.


Os ingressos estarão disponíveis na bilheteria do teatro nos dias do espetáculo, a partir das 14h. A entrada custa R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).




'Ouvindo Estrelas' -

Nos dias 02 e 03 de agosto (sábado e domingo), às 17h, o Teatro Cidade do Saber (TCS) recebe o espetáculo infantil "Ouvindo Estrelas". As entradas custam R$20 (inteira) e R$10 (meia) e estão à venda na bilheteria do TCS das 14h às 17h, e nos dias do espetáculo, das 14h até o horário de início das apresentações. 


Adivinhas, parlendas, ditados, trava-línguas e contos são algumas das surpresas que compõem a apresentação, resgatando o lirismo e a riqueza da literatura oral brasileira em um clima de muita aventura em que o menino São João, que nada conhece de sua festa, foge do céu para brincar nos festejos juninos.


O cenário e o desenrolar cênicos são inspirados na magia da celebração, trazendo à tona a maneira como os festejos juninos são realizados em diversas partes do país, através dos famosos arraiás. A alegria contagiante das crianças diante das brincadeiras de roda, comidas típicas, fogueiras, ritos de adivinhações e quadrilhas é representada com muita animação.


Utilizando uma das propriedades mais intrínsecas do homem – o teatro –, o espetáculo procura levar ao público o instigante imaginário popular, patrimônio muitas vezes desconhecido por grande parte da população. 




Gravação

Acontece neste final de semana, no Teatro Cidade do Saber (TCS), a gravação do DVD "Por Umas e Por Outras", do ator baiano Pisit Mota. As apresentações acontecem no sábado (26/07), às 20h, e no domingo (27/07), às 19h.. Além do TCS, o Teatro Castro Alves também será cenário do DVD, que deve ser lançado até o final do ano.
 
Em "Por Umas e Por Outras", Pisit apresenta personagens populares pesquisados e construídos ao longo de sua carreira e que, com suas estórias tornam a cidade de Salvador muito mais divertida. Mesclando stand up comedy, intervenções de áudio e os vídeos produzidos para a internet em parceria com a +1Filmes, Pisit imprime seu humor e irreverência sobre diversas questões sociais e culturais.
 
O ator insere em seu show debates sobre temas como homofobia, preconceito social e a falta de respeito com as minorias.  A classificação indicativa do espetáculo é de 16 anos.
 
Os ingressos, que custam R$20 (inteira) e R$10 (meia), podem ser adquiridos na bilheteria do TCS, entre os dias 24 e 25/07, das 14h às 17h e nos dias do espetáculo das 14h até o início das apresentações ou enquanto houver disponibilidade.




Musical

Pela primeira vez em Camaçari, o musical "Gonzaguinha, o eterno aprendiz", sucesso absoluto de público e crítica em São Paulo e Minas Gerais, chega ao Teatro Cidade do Saber para homenagear um dos maiores compositores e intérpretes da música popular brasileira, em única apresentação no dia 10 de agosto, às 19h.


Com o intuito de preservar a memória desse ícone da MPB, o espetáculo que está circulando por todo o país, apresenta passagens da vida do artista, que iniciou sua trajetória na década de 60 em meio aos tropeços da ditadura militar e seguiu cantando seus amores e anseios pelo resto da vida.


Durante o espetáculo, um ator, três cantores e uma banda formada por teclado, acordeom, percussão, baixo, bateria e violão, fazem uma reverência à obra de Gonzaguinha que deixou um legado de músicas belíssimas que marcam gerações, inclusive, através de grandes intérpretes como Maria Bethânia, Elis Regina, Simone, Fagner e muitos outros que eternizaram suas letras repletas de engajamento político e amor à vida.


A apresentação conta com dezesseis músicas entre xote, samba e baião, revelando aos jovens e relembrando aos seus antigos fãs composições que entraram para a história da MPB, como "Começaria Tudo Outra Vez", "Explode Coração", "Grito de Alerta", "Diga lá", "Coração" e "Eterno Aprendiz (O que é o que é)", entre outras.


O texto é do poeta mineiro Gildes Bezerra com a colaboração de Rogério Silvestre, ator que encena Gonzaguinha com a alma e o coração. Com 14 anos de carreira, Rogério já atuou em 26 peças e produziu 60, além de ter participações em TV e curtas-metragens. A direção teatral é de Breno Carvalho e a direção musical fica por conta do violonista e compositor mineiro Rafael Toledo. A banda é composta por Alcione Zukowski (bateria e percussão), Peter Mesquita (baixo), Jelber Barbosa (teclado e acordeom) e os cantores Paulo Tizo e Maíra Lins.


Os ingressos, que custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) já estão à venda na bilheteria do TCS, das 14h às 17h e no dia do espetáculo, das 14h até o horário de início da apresentação. 




Letras

A 8ª edição da Roda Literária Itinerante acontece sexta-feira (26), a partir das 16h, na Praça do Alto da Cruz, em Camaçari. Poetas e artistas interessados em recitar, indicar leitura ou conversar sobre alguma  publicação devem confirmar presença pelo e-mail: rodaliterariaitinerante1213@gmail.com



Anterior | |1| 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 | Próxima

Encontrado(s): 333 registros

Listando página: 1



inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2014 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL