Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 14 março 2019


Maquinista  Continuam descarriladas as obras de recuperação da antiga estação de trens de Camaçari. Projeto de requalificação e transformação do 'marco zero' da cidade em centro de cultura e memória completa 2 anos sem sinal sequer de quando será realizada a licitação para início das obras.


Maquinista   2 A Coluna apurou que o problema não é dinheiro. Cerca de R$ 3,5 milhões do ministério do turismo estão assegurados desde o ano passado, mas o projeto executivo, responsável pelo detalhamento dos custos, estranhamente só ficou concluído recentemente. 


Maquinista   3 Quem não lembra a ação midiática, em fevereiro de 2017, com a retirada de toneladas de entulho do velho cinema e a instalação de tapumes como etapa inicial do projeto. De lá para cá, o projeto de resgate da memória da cidade, capitaneado pela doutora Márcia Tude, secretária da cultura do município, segue o roteiro de descaso com o patrimônio da cidade, herdado pelos antecessores do alcaide Antonio Elinaldo (DEM). 


Maquinista  4 Nesses 2 anos o quadro só fez piorar. A estação está ainda mais degradada e o cinema ganhou novas infiltrações e rachaduras. O 3º imóvel do projeto de recuperação do centro antigo de Camaçari, o casarão e antiga sede dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário segue o mesmo figurino de descompromisso de preservação e resgate da história da cidade. Imóvel que chegou a alojar a própria secretária da secult e sua equipe de assessores e etc, teve de ser interditada e segue em acelerado processo de destruição com parte do seu telhado destruído. 


Grid  O PCdoB não esconde mais que o presidente do sindicato dos metalúrgicos de Camaçari é o seu pré-candidato a prefeito em 2020. O nome de Júlio Bonfim ficou ainda mais fortalecido nas últimas horas com a decisão de Ford de suspender as 700 demissões na sua planta de Camaçari, previstas para esse final de março.  


Grid 2  Como mostrou o último Camaçarico, (Confira nas notas Grife 4 e 5) Bonfim, que não se preocupa com custos, está testando seu carro desde o ano passado. Sob o pretexto de ocupar o posto máximo do metalúrgicos, o comunista tenta montar uma candidatura viável agregando na mesma carroceria as conquistas e lutas da categoria e sua imagem de trabalhador, político novo e sem os vícios dos tradicionais companheiros. 


Grid 3 Para o PCdoB a disputa interna no PT, seu principal aliado, fortalece Júlio como principal oferta e com direito a bônus depois das boas notícias sobre o recuo da Ford. 


Grid 4 Com o ex-deputado Caetano fora da corrida, PT tenta ajustar carro competitivo treinando com as candidaturas dos vereadores Jackson e Téo Ribeiro. O vereador José Marcelino parece que já enconstou o carro no box, enquanto o 4º petista, o piloto de 1ª corrida, Dentinho do Sindicato, nem colocou seu carro na pista.


Na vitrine  Anunciada como opção, a esposa do ex-prefeito, Ivoneide Caetano, desagradou mais que somou. Petistas ouvidos pela Coluna garantem para ser a candidata do partido, a doutora Ivoneida vai precisar construir história de luta e agregar força política para se viabilizar. Vai ser complicado promover essa engenharia em pouco mais de 15 meses, completam.  


Feminista O vereador Jackson Josué se diz arrependido por ter votado em Angelo Coronel (PSD) para o Senado. O petista e pré-candidato a sucessão do alcaide Antonio Elinaldo (DEM) considera um equívoco o projeto do pessedista de acabar com a cota de 30% para mulheres nas eleições legislativas. 


Best-seller E a avenida Jorge Amado, hein, doutora Joselene Cardim. Sob a responsabilidade da titular da secretaria de infaestrutura, obras na principal via de entrada da cidade seguem desde o ano passado, quando iniciaram os serviços, num estranho cronograma que só reflete nos cofres da municipalidade, com prejuízos diretos e indiretos para a população. É um tal de faz e desfaz, asfalta e arranca, instala e desinstala. Com tantos capítulos, vai terminar virando romance perigoso editado pelo selo da Justiça.


Curriculo O ex-prefeito de Camaçari, Ademar Delgado (sem partido), foi mais uma vez acionado civil e criminalmente pelo Ministério Público estadual por atos no seu governo (2013/2016).  Nas ações penal e civil, o MP solicita a condenação do ex-prefeito pelos crimes de improbidade administrativa e falta de licitação para obras de recuperação de 127 unidades habitacionais invadidas e depredadas do 'Minha Casa' no bairro de Buris Satuba.


Curriculo 2  Ainda segundo a ação do MP, Ademar assinou contrato no seu último ano de governo no valor de quase R$1 milhão e 600 mil, mas só deixou em caixa  pouco mais de R$ 580 mil para o sucessor quitar a despesa.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php 


João Leite Filho  joaoleite01@gmail.com (Editor)


14/3/2019

Mais Notícias

Últimas cartadas
Ex-ministra diz que situação do Judiciário Baiano é 'preocupante'
Deputado gasta cota parlamentar com combustível para lancha
Movimentação do vice Mourão incomoda Bolsonaro
Governo reduz valor de projetos autorizados pela Lei Rouanet
Odebrecht mantinha 'bunker da propina' no centro de São Paulo
Camaçarico 22 de abril 2019
Tricolor vence o Bahia de Feira é fatura 48º campeonato baiano
Economia do Brasil encolhe e fica próxima da Colômbia e do Peru
Governo decreta sigilo sobre estudos que mudam a Previdência


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL