Busca:

  Notícia
 
Prefeito de Camaçari recua e cancela reabertura de lojas e templos

Menos de 24 horas depois de baixar novo decreto flexibilizando o funcionamento do comércio e abertura de templos religiosos em Camaçari, o prefeito do município, Antonio Elinaldo (DEM) recuou e suspendeu o decreto que começou a valer neste sábado (4). 


Em nota distribuída pela sua assessoria, a prefeitura fala em " clamor da população do município e a orientação de especialistas e entidades médicas" para manter  igrejas e  comércio fechados. No documento, publicado na íntegra abaixo, a prefeitura diz ainda que a decisão pela reabertura  atendeu "entidades religiosas e representantes do setor produtivo". 


Pela medida anterior, decretada na sexta-feira (3), poderiam funcionar estabelecimentos comerciais de rua com área total inferior a 200 metros quadrados, velórios e templos religiosos,  estes últimos  desde que respeitassem o limite máximo de 50 pessoas. 


Íntegra da Nota pública



A Prefeitura Municipal de Camaçari vem a público  informar que, após ouvir o clamor da população do município e a orientação de especialistas e entidades médicas, decidiu revogar o decreto 7327/2020, de 03 de abril, que liberou  o funcionamento do comércio local e a realização de cultos religiosos. A decisão de flexibilizar o decreto foi tomada nesta sexta-feira (3), a partir de rodadas de diálogo com entidades religiosas e representantes do setor produtivo, que reivindicavam mudanças nas medidas adotadas pela Prefeitura Municipal para combater a proliferação do Coronavírus.
No entanto, diante dos insistentes pedidos da população e, principalmente, do cenário ainda preocupante e das recomendações dos especialistas da área da Saúde, a Prefeitura considerou necessário manter as medidas restritivas, com o objetivo de evitar o avanço da pandemia e, assim, proteger os moradores de Camaçari.
A Prefeitura entende que a adesão e a resposta massiva da maioria absoluta da população pela revogação do decreto mostram que o município adotou as medidas necessárias para combater a Covid-19, doença extremamente contagiosa e perigosa, especialmente para os idosos e pessoas com doenças crônicas. 
Por fim, a administração municipal informa que, como sempre, segue empenhada em realizar ações para minimizar os impactos econômicos, manter os empregos e dar suporte ao setor produtivo, especialmente aos autônomos e aos micro e pequenos empresários, que são os mais atingidos pela crise.

Mais Notícias

Brasil deve gastar cerca de R$ 700 bilhões com a Covid-19
Estudo mostra que carga viral pode indicar maior risco de morte
Camaçari conta 4.445 casos com os 43 novos contaminados
Fortuna do dono do Facebook cresce com a pandemia
Segmento dos supermercados segue em crescimento
Justiça tira Fernando Gomes do comanda de Itabuna
Camaçari registra 270 novos casos e 9 óbitos em 7 dias
O orçamento na pandemia - Parte 1
Estudo mostra que a máscara também reduz a carga viral
Governo destina R$ 3,3 milhões para 6 cidades sem Covid-19


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2020 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL