Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 27 de junho 2019


Marretadas Depois de demolir sem explicação o casarão sede dos poderes municipais, a prefeitura segue agora ameaçada pela parede do antigo cinema, outro imóvel incluído no pacote de obras do chamado centro histórico. Desabamento também atinge entidades representantes do comércio local e sindicatos de empregados que  seguem distante de tão importante debate para  a cidade.


Marretadas 2 Por erros na condução do projeto, o alcaide Antonio Elinaldo e sua secretária de cultura, Márcia Tude, não sabem o que fazer com os cerca de 20  microempresários localizados na região vizinha ao antigo espaço cultural.


Marretadas 3 Num cronograma atropelado, prefeitura anunciou semana passada o início das obras do cinema (Confira), sem discutir com os comerciantes, muitos instalados há décadas no local, alternativas de transferência ou ajuda para deixar a área.  Provavelmente achando pouco, prefeito que se mostrou omisso e nada fiscalizador e vigilante em todo o projeto, vê seu desgaste ampliar com os comerciantes do centro.


Marretadas 4 Nesse processo de descuido e descompromisso a ACEC e CDL, representantes institucionais do comércio local, sindicatos de empregados tão atuantes em outras lutas políticas, se mostram apáticas quando não cobram discussão do projeto e suas implicações nas atividades produtivas da região. Independente de filiação ou não desses microempresários e seus trabalhadores, essas estruturas precisam entrar no debate.


Munição A adesão do ex-vereador Otaviano Maia e do também ex-petista e ex-presidente municipal da legenda, Anderson Santos, ao governo do alcaide Antonio Elinaldo (DEM), está mais para aquisição sem serventia, um tiro de festim, que produto fortalecedor do projeto de reeleição do gestor, na disputa de outubro de 2020.  


Munição  2 A avaliação é de demistas e petistas de todos os tamanhos que consideram um equívoco o movimento festejado e anunciado oficialmente durante o foguetório do Camaforró. Trazidos pelo vereador licenciado e atual titular da pasta da habitação (Sehab), Junior Borges (DEM), o sobrinho da ex-deputada estadual e petista de carteirinha, Luiza Maia, e o companheiro de nova empreitada política só fazem desagregar o que já não anda muito ajustado, dizem integrantes do time azul.


Munição  3 Segundo essas mesmas fontes ouvidas pela Coluna, a compensação financeira, com uma boquinha na folha da prefeitura, na Câmara de Vereadores, ou estruturas coligadas, que não deve somar menos que R$ 5 mil mensais, não terá significativo efeito numérico nas eleições de 2020. Apoiadores do então candidato a deputado federal nas eleições de 2018, Otto Filho, Otaviano e Anderson, junto com os pessedistas do município não somaram 400 votos em Camaçari ao herdeiro do senador e chefão do PSD, Otto Alencar.


Munição 4 Petistas históricos admitem o efeito psicológico da aquisição, mas reforçam o prejuízo para Elinaldo e a pouca soma da dupla ao projeto de reeleição de Junior Borges. Com sua liderança nascida, alimentada e posteriormente evaporada pela tia e ex-deputada, cooptação de Otaviano não ouriça apenas uma banda do time azul, ainda sem uma boquinha na folha municipal.


Munição 5 Mesmo reconhecendo o gostinho de vingança do alcaide, que durante a campanha de 2016 era chamado pelo colega vereador Otaviano de “contraventor’ e “chefe de quadrilha”, demistas acreditam que movimento de Elinaldo foi equivocado e se enquadra no que se convencionou chamar de miudeza  desnecessária de quem está em vantagem.


Vitamina  Depois de arrecadar cerca de 25 toneladas de alimentos  não perecíveis com o chamado ingresso solidário no Camaforró-2019, o projeto comandado pela primeira-dama, Ivana Paula, dá mais um passo com o Forró do Abrace. Marcada para 6 de julho, na casa de espetáculos Seven, com capacidade máxima para cerca de 4 mil pessoas, ação vira teste de popularidade. Moeda que dá acesso à festa, animada pelos cantores Bimbinho e Lincoln e banda Duas Medidas, será 1 quilo de leite em pó.


Vitamina 2  Depois do dia das crianças, do Natal solidário, da campanha do agasalho, e agora com o Forró do Abrace, esposa do alcaide avança num  vazio deixado desde os tempos da primeira-dama, Simara Ellery, lá nas décadas 1980/1990. Projeto vai além das ações direcionadas ao assistencialismo à população carente. Não deixa de ser um danoninho na campanha de reeleição do marido, o demista Antonio Elinaldo. 


Registradora Ultrapassou os R$ 2,3 milhões o movimento nos guichês de pedágio nas 7 rodovias do sistema BA-093. Sem vítima fatal, entre quarta-feira (19) e segunda-feira (24), a concessionária Bahia Norte também festeja a redução em 20% no número de acidentes, se comparado ao mesmo período de 2018. Conta positiva mostra ainda que o vai e vem dos 460 mil veículos nos 5 dias do período junino foi quase 5% maior que em relação a 2018. 


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


27/6/2019

Mais Notícias

Pandemia aumenta em quase 10 vezes a criação de lojas virtuais
Brasil já é o 3º no mundo em mortes pelo Covid-19
Camaçarico 4 de junho 2020
Bahia tem 290 cidades com sistemas de transportes suspensos
Aumenta número de homens que realizam tarefas dométicas
Pandemia interferiu no psicológico de quase 40% dos baianos
Camaçari registra 335 casos e 13 óbitos pelo Coronavírus
Governo anunciou até em sites de jogos de azar, diz CPI das fake
Produção industrial brasileira registra queda história em abril
Brasil ultrapassa as 31 mil mortes e registra mais de 558 mil casos


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2020 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL