Busca:

  Notícia
 
Camaçari cria duas tarifas e encarece passagem para quem paga em dinheiro

A Prefeitura de Camaçari criou duas tarifas de transporte coletivo que começam a valer sábado (6). Com a novidade, o passageiro que  possui o Camaçari Card paga uma passagem em média 10% mais barata que o usuário que não possui o cartão pré-pago e paga a passagem em dinheiro. 


Com a mudança, publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (4), a passagem para quem paga em dinheiro fica mais cara entre R$ 25 centavos a R$ 40 centavos de acordo com o roteiro da linha.


As linhas de ônibus que circulam na sede passam a custar R$ 3,00 para usuários do cartão pré-pago e R$ 3,25 para a população que não  está cadastrada no sistema.  


Os valores para os trajetos sede/orla ou sede/zona rural até Abrantes, Arembepe, Açu da Capivara, Cordoaria e Jauá passam a custar R$ 3,30 para usuários do Camaçari Card, e R$ 3,60 para não usuários.  Já a linha Centro/Barra do Jacuípe passa a custar  R$ 3,45 e R$ 3,75. Ainda de acordo com a nova tabela de valores, as linhas Sede/Guarajuba e Sede/Monte Gordo passam a custar R$ 3,90 e R$ 4,25, respectivamente para usuários  do cartão e para quem paga em dinheiro.


As linhas com tarifas mais altas são as que fazem os percursos entre o centro  de Camaçari e as localidades de Barra do Pojuca, Fazenda Cajazeira, Jordão, Lagoa Seca e  Tiririca. Os usuários dessas regiões que possuem o Camaçari Card vão pagar tarifas de R$ 5,10, enquanto os passageiros que não estão cadastrados no sistema pré-pago desembolsam em dinheiro R$ 5,50.


Ainda segundo nota  enviada no final da tarde desta quinta-feira (4) pela prefeitura, as tarifas diferenciadas visam estimular o uso do cartão, com a consequente  redução do dinheiro circulando nos ônibus, reduzindo assim os assaltos.


A prefeitura, que não informou estatísticas sobre passageiros do sistema em geral e o percentual de usuários do Camaçari Card, garante que a tarifa de Camaçari é menor que as praticadas nas cidades da Região Metropolitana e interior do estado. Cita Dias d’Ávila (R$ 3,20), Simões Filho (R$ 3,10), Feira de Santana (R$ 3,95), Vitória da Conquista (R$ 3,80) e Juazeiro (R$ 3,70). O último reajuste de tarifa em Camaçari ocorreu em abril de 2017.

Mais Notícias

Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto
Número de queimadas no Brasil aumenta 82% em 2019
Grupos de direita usam mais o WhatsApp que os de esquerda
Salvador sedia Semana Latino-Americana sobre mudança do clima
Trabalho remunerado por hora já representa 9% dos contratos
Lava Jato usou dados da Receita Federal de forma ilegal, diz site


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL