Busca:

  Notícia
 
Camaçari cria duas tarifas e encarece passagem para quem paga em dinheiro

A Prefeitura de Camaçari criou duas tarifas de transporte coletivo que começam a valer sábado (6). Com a novidade, o passageiro que  possui o Camaçari Card paga uma passagem em média 10% mais barata que o usuário que não possui o cartão pré-pago e paga a passagem em dinheiro. 


Com a mudança, publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (4), a passagem para quem paga em dinheiro fica mais cara entre R$ 25 centavos a R$ 40 centavos de acordo com o roteiro da linha.


As linhas de ônibus que circulam na sede passam a custar R$ 3,00 para usuários do cartão pré-pago e R$ 3,25 para a população que não  está cadastrada no sistema.  


Os valores para os trajetos sede/orla ou sede/zona rural até Abrantes, Arembepe, Açu da Capivara, Cordoaria e Jauá passam a custar R$ 3,30 para usuários do Camaçari Card, e R$ 3,60 para não usuários.  Já a linha Centro/Barra do Jacuípe passa a custar  R$ 3,45 e R$ 3,75. Ainda de acordo com a nova tabela de valores, as linhas Sede/Guarajuba e Sede/Monte Gordo passam a custar R$ 3,90 e R$ 4,25, respectivamente para usuários  do cartão e para quem paga em dinheiro.


As linhas com tarifas mais altas são as que fazem os percursos entre o centro  de Camaçari e as localidades de Barra do Pojuca, Fazenda Cajazeira, Jordão, Lagoa Seca e  Tiririca. Os usuários dessas regiões que possuem o Camaçari Card vão pagar tarifas de R$ 5,10, enquanto os passageiros que não estão cadastrados no sistema pré-pago desembolsam em dinheiro R$ 5,50.


Ainda segundo nota  enviada no final da tarde desta quinta-feira (4) pela prefeitura, as tarifas diferenciadas visam estimular o uso do cartão, com a consequente  redução do dinheiro circulando nos ônibus, reduzindo assim os assaltos.


A prefeitura, que não informou estatísticas sobre passageiros do sistema em geral e o percentual de usuários do Camaçari Card, garante que a tarifa de Camaçari é menor que as praticadas nas cidades da Região Metropolitana e interior do estado. Cita Dias d’Ávila (R$ 3,20), Simões Filho (R$ 3,10), Feira de Santana (R$ 3,95), Vitória da Conquista (R$ 3,80) e Juazeiro (R$ 3,70). O último reajuste de tarifa em Camaçari ocorreu em abril de 2017.

Mais Notícias

TSE adota medidas para conter o fake news na campanha de 2020
Justiça anula reeleição de Sinval para presidente do Sindsec
Proposta de reforma tributária terá imposto sobre consumo
Mangabeira diz que Bolsonaro é ´laranja` da elite econômica
Ex-piloto de Stock Car morre vítima de acidente aéreo na Bahia
Dinheiro do fundo partidário deve beneficiar base dos caciques
Emprego informal cresce e reduz a produtividade da economia
Aliados reclamam de discurso de Lula que defende PT hegemônico
Origem do óleo que polui praias brasileiras continua mistério
Dia Nacional da Amazônia Azul lembra esforços para conter óleo


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL