Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 3 de abril 2018


Muito mais  A etapa de instalação oficial do campus da UFBA em Camaçari, no último 27 de março,  é apenas o 1º vestibular que a prefeitura precisa se esmerar para ser aprovada. O resultado deste dever de casa constante que a equipe do alcaide Elinaldo precisará fazer nos próximos anos, para ajudar a consolidar a unidade  será fundamental para que Camaçari possa ter num futuro não muito distante, quem sabe nos próximos 10 anos, a sua universidade federal nos moldes da vizinha do Recôncavo da Bahia (UFRB).

Muito mais 2 Não será necessária apenas a contrapartida nas reformas físicas de espaços no Teatro Cidade do Saber, onde o campus vai funcionar nos próximos 3 anos, muito menos mais tijolo e argamassa no campus definitivo  numa área igual  a 40 campos de futebol, nas margens da BA-512. A consolidação do campus e a sua evolução para uma universidade autônoma passa muito além da construção de uma ‘engenharia’ com empresariado do polo industrial, o grande consumidor dessa mão de obra especializada que a UFBA vai formar e entregar de  mão beijada.

Muito mais 3 A Universidade de Camaçari passa pela construção de uma política de  consciência  coletiva da importância de um centro de estudo e pesquisa sobre uma cidade tão singular, que saiu da miúda Camaçari dos anos 1970 para a inchada, poluída, cheia de problemas e desiguladades. Mesmo sediando um sofisticado parque industrial automotivo, químico, petroquímico, de energias renováveis, Camaçari ainda consegue manter uma 'fabrica' de natureza com seu rico, singular e indispensável ecossistema.


Muito mais 4 Camaçari com sua singularidade e histórico de crescimento nos últimos 40 anos não pode virar objeto de um registro aqui, outro alí. Precisa e deve ter muito mais que uma  escola eminentemente técnica de 3º grau para atender o imediatismo da produção industrial.


Muito mais 5 Atrair a sociedade organizada para pensar, debater e construir a Camaçari do futuro, mirando seu presente e recolhendo seu passado são fundamentais para esse avanço. Isso só é possível com ensino, pesquisa e compartilhamento desses conhecimentos com a comunidade.


UTI  A reunião de segunda-feira (2), entre o alcaide, o secretário de saúde, vereador licenciado Doutor Elias Natan (PR), e dirigentes da Sesau, mostrou um diagnóstico nada animador. Fontes da Coluna asseguram que as queixas do prefeito continuam. A travação do sistema, como disse Elinaldo durante a reunião, e a falta de recursos podem até comprometer a permanência de funcionamento das UPAs de Abrantes e Monte Gordo, unidades responsáveis por cerca de 6 mil atendimentos/mês.


UTI 2 Caso a reestruturação se confirme, com o fechamento das UPAs de Abrantes e Monte Gordo, município com 300 mil habitantes, que chegou a ter  6 Unidades de Pronto Atendimento, passa a ser atendido por 3 UPAs: Arembepe, Gleba A, e a ser inaugurada UPA pediátrica Nova Aliança, também na sede. 


UTI 3 A 1ª a ser fechada foi a UPA da Gleba B, no governo do ex-petista e depois sem partido, Ademar Delgado (2013/2016). Na gestão Elinaldo, a UPA da Nova Aliança, na sede do município, foi fechada e em seu lugar será instalada uma UPA pediátrica. 


Ponteiros O secretário da fazenda de Camaçari, Renato Almeida, garante que não disse o que disse ao editor da Coluna sobre o prazo dado ao alcaide Elinaldo e a sua permenência na Sefaz, como publicou o Camaçarico na sua edição do dia 27 de março (Confira). Em nota enviada  ao editor, Almeida diz que nada falou sobre sua saída em decorrência da perda de poder na pasta, durante a conversa que teve com o editor do Camaçarico, na coxia do Teatro Cidade do Saber (TCS), no começo da tarde de terça-feira (27/3), enquanto esperava a chegada do ministro da educação Mendonça Filho. 


Ponteiros 2 O Camaçarico lamenta, mas entende o recuo do secretário.  Acostumado a entrevistar fontes de todos os tamanhos nos últimos 30 anos, o editor reafirma a informação e lembra que a entrevista, mesmo rápida, coisa de 5 minutos, aconteceu de forma tranquila e aberta, até surpreendente para o editor que esperava recusa ou dificuldade do titular da Sefaz em tratar o assunto. Leia a íntegra da Nota de esclarecimento enviada dia 28 de março: "O Secretário Municipal da Fazenda de Camaçari/Ba, Sr. Renato dos Santos de Almeida, vem a público esclarecer que a matéria intitulada “Relógio”, reportada na última terça-feira, 28.03.2018, no Portal deNotícias Camaçari Agora não foram divulgadas e/ou prestadas pelo mesmo.Esclareça-se ainda que referido assunto tem sido tratado diretamente junto ao Chefe do Executivo, Sr. Elinaldo Araújo. Renato dos Santos de Almeida - Secretário da Fazenda"


Dicionário  O petista Téo Ribeiro (PT) resolveu replicar com o mesmo verbete aplicado pelo promotor  Everardo Yunes, do Ministério Público Estadual (MPE), durante sua peça em que pedia o afastamento dos vereadores de Camaçari por uso  ilegal de recursos públicos em benefício próprio. Lista dos 19 representantes do povo divulgada por Yunes  aparecia com nome completo e os 'vulgos', como são conhecidos pelo eleitor. 


Dicionário 2 Durante os festejos dos 70 anos do Legilslativo de Camaçari, na sessão da última quinta-feira (29/3), o vereador fez um discurso que chamou de 'desabafo'. Defendeu os colegas, que segundo ele, não cometeram nenhuma irregularidade, e mirou suas críticas no promotor responsável pela Ação Civil Pública. Sem cerimônia devolveu o tratamento recebido no documento do MPE, ao citar o promotor conhecido pelo 'vulgo' de Yunes.


Dicionário 2  Mesmo sem referência pejorativa, o termo 'vulgo', que qualquer dicionário considera sinônimo de 'tipo apelido', ou 'como a pessoa é chamada e conhecida', é uma expressão comumente usada na linguagem do jornalismo policial para classificar pessoas envolvidas em delitos ou acusadas de infrações. 


Prejú  Quebrada por problemas de gestão, segundo apurou a Coluna, a unidade de Camaçari da Tecnologia e Sistemas Avançados (Tecsis), fabricante de pás para aerogeradores enfrenta processo de recuperação judicial com seus cerca de 522 empregados na fila da recisão. 


Prejú 2 Situação não é nova. Desde o final de 2017 que cerca de 200 empregados estavam em regime de lay off. A Tecsis chegou a ter 4 unidades no país até o fechamento em 2017 da matriz em Sorocaba (SP), que pode ser reativada. Além da unidade Camaçari, inaugurada em 2016, empresa opera com fábricas em Pernambuco e Rio Grande do Norte.


Palco  Não é novidade o desejo do servidor municipal e ex-coordenador de eventos de Camaçari, Bira Chinelli, de disputar a prefeitura da sua cidade natal. A Coluna apurou que o assunto vem sendo debatido entre os Chinelli há algum tempo. Recente enquete realizada pelo site Camaçari Notícias mostrou que a vontade de entrar para a política começa a se fortalecer quando seu nome, nunca citado em nenhuma lista política, muito menos nas redes socais, aparece como opção para o teste das urnas nas eleições para deputado estadual em outubro. Bira, sempre discreto, nada fala.


Apoio  Candidatíssimo a deputado estadual, o vereador licenciado de Salvador, o tucano Paulo Câmara, ganha reforço em Camaçari. Secretário nacional de assuntos federativos da secretaria de governo da Presidência da República, até o final desta semana, quando se desincompatibiliza do cargo em Brasília,  Câmara chega pelas mãos do vereador Dilson Magalhães Júnior (PEN). Um trator para a associação de agricultores e apicultores de Cancelas, e recursos para programas de esporte e lazer no bairro das Mangabas estão entre os benefícios conseguidos por Dilson Junior.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite - joaoleite01@gmail.com (Editor)


3/4/2018

Mais Notícias

Camaçarico 25 de abril 2018
SUS completa 30 anos com vitórias e desafios para sua manutenção
Palocci assina acordo de delação com a Polícia Federal
Repórter fotográfico do Correio é agredido por agente de trânsito
Assembleia Legislativa da Bahia terá sua própria polícia
Lúcio foge da notificação de processo no Conselho de Ética
Candidata do PSTU defende desapropriação de empresas
Julgamento de Almiro Sena vai para a Justiça de 1ª instância
Supremo aceita queixa de Caetano Veloso contra Feliciano
Prazo para acerto de contas com o leão do IR termina segunda


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL