Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 3 de setembro 2019



Placa da inauguração, em janeiro, e nova sinalização trocada semana passada

Deletando O vereador Téo Ribeiro (PT) anda zangado, e não é pouco, com o companheiro de legenda, o ex-prefeito e ex-deputado federal Luiz Caetano. O último movimento de Téo, que é pré-candidato a prefeito e disputa com a candidata de Caetano, a sua esposa Ivoneide Caetano, o direito de ser o nome oficial na chapa das oposições,  é um dos tiros mais precisos e que o ex-chefe poderia receber do ex-liderado e compadre. Sob a despretensiosa cortina da homenagem à diretora de teatro Cilene Guedes, Téo quer mudar o nome do Teatro Cidade do Saber (TCS) para Teatro Cilene Guedes (TCG). 


Deletando 2 Pelo projeto de lei apresentado nesta terça-feira (3) o 3º maior espaço cênico da Bahia, com quese 600 lugares, homenagearia a fundadora do Teatro Amador de Camaçari, o inesquecível e importantíssimo TAC, projeto decisivo na formação de gerações de atores e gente das artes em Camaçari. 


Deletando 3 Longe de ser uma proposição desmerecida para a diretora de teatro falecida em novembro do ano passado, que teve seu marido Alberto Martins, homenageado com o nome do outro teatro da cidade, movimento de Téo, que tem tudo para ser aprovado sem sobressaltos e até com alegria pela maioria governista, acaba de vez com a marca Caetano no projeto de inclusão pelas artes que o então prefeito criou em 2007.


Deletando 4 Formado por estruturas de esporte, música, dança, museus e biblioteca, complexo ainda se mantém como Cidade do Saber graças ao teatro. Com a mudança para Teatro Cilene Guedes, Caetano vê mais uma de suas marcas, como a praça da Simpatia, rebatizada em 2017 como praça doutora Lúcia Eugênia, ser apagada e empurrada para o depósito da história. 


Cabeças pensantes  Demorou quase 8 meses para que a prefeitura de Camaçari entendesse a importância e a necessidade de restabelecer a verdade sobre figuras do passado recente do município. Esse foi o tempo necessário para trocar um simples topônimo, ou designação do logradouro,  da praça Mãe Eulina, requalificada  pelo município e devolvida à população em janeiro deste ano. Gestão municipal resolveu ignorar as várias solicitações de correção feitas pela Coluna, num grave descuido com a história de importante sacerdotisa do Candomblé, nascida Eulina Maria da Silva, num 21 de outubro da primeira década de 1900, mas conhecida como Mãe Eulina. 


Cabeças pensantes 2 O primeiro lembrete foi dado logo no calor da inauguração (Confira), que até poderia justificar o erro como acidente, apesar do inquestionável descuido com a pesquisa histórica. Os meses se passaram e um novo alerta foi feito em abril, pelo Camaçarico, sem o devido entendimento da secretaria de governo, responsável pela correção (Confira). Só com a última radiação, feita no final de agosto (Confira), a equipe do alcaide Antonio Elinaldo se sensibilizou sobre tão importante personagem. Demora só reforçou a desconfiança de setores da sociedade organizada camaçariense sobre filtros religiosos que parecem permear a gestão do demista, em especial com a religiões de matriz africana. 


Desbotado E o time azul se organiza para os desfiles de 7 de Setembro na Gleba E e no distrito de Parafuso. A reunião de ajuste está sendo convocada pelo vice-prefeito José Tude (DEM). Encontro a partir das 17h, no espaço 25 (praça dos 46) deve contar com os dois novos elinaldistas: o ex-vereador petista Otaviano Maia e o ex-presidente municipal da legenda, Anderson Santos.


Desbotado 2 Apesar de capitaneado pelo vice, movimento de fortalecimento da grife azul não conta mais com a parceria do alcaide. Segundo apurou a Coluna, Antonio Elinaldo não quer mais saber de time azul, time vermelho, time rosa. Agora é o time de Elinaldo. 


Back stage Tem um grupo de artistas da terra, com número que dá para formar uma grande banda, questionando se vale a pena realizar eventos bancados com dinheiro público como o Voz de Camaçari. Lembram, que o concurso vai premiar com R$ 30 mil, algo em torno de R$ 22 mil líquidos, apenas o vencedor que sequer terá direito a gravar um CD e/ou produzir um clipe. Segundo apurou a Coluna, como o concurso é a “Voz”, os outros 2 finalistas não terão direito a nenhum prêmio.


Back stage 2 Na festança musical apresentada pela secretária da cultura e candidatíssima a vereadora em 2020, Márcia Tude, mais de 90% dos R$ 312.990,00 mil destinados para realizar a produção vão para o restante da montagem do concurso. Esses mais de 280 mil serão gastos com produções diversas e cachês para os músicos da banda de apoio e comissão julgadora formada pelo ex-timbaleiro e camaçariense Denny Denan, a cantora Marcia Short, e o produtor musical Adail Scarpellini.


Back stage 3  Dos 130 inscritos no Voz de Camaçari, 30 foram selecionados para as 3 batalhas. Desse time, 15 passaram para as 3 eliminatórias que acontecem nesta quarta-feira (4), e nos dias 11 e 18. Os 9 sobreviventes disputarão dia 25 a semifinal. A grande final, com os 3 escolhidos, acontece no dia 29, no Teatro Cidade do Saber (TCS). 


Depenada  A prefeitura de Camaçari precisa dar uma passadinha em Jauá, onde parte da pista que margeia a orla da localidade está desmoronando com o avanço da maré. Com passeios engolidos pelo mar, trecho no final da praia conhecida pela sua famosa e não menos descuidada escultura símbolo do papagaio dourado, pode até ficar sem fornecimento de energia com os riscos de derrubada de postes da rede elétrica, e até acidentes com pedestres. 


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


3/9/2019 Atualização às 20h44

Mais Notícias

Irmãos Vieira Lima serão julgados pelo Supremo na terça-feira
Filho de Bolsonaro comanda ´gabinete do ódio` no Planalto
Cesarianas aumentam riscos contágio de bebês por micróbios
Camaçarico 19 de setembro de 2019
ACM Neto cobra informações sobre a ponte Salvador-Itaparica
Fundos que gerenciam R$ 65 tri cobram cuidados com Amazônia
Aumenta o número de brasileiros que vão morar no exterior
Brasil usa pesticidas que a Europa proíbe em suas lavouras
Deputados retomam benesses com mudança da lei eleitoral
PT diz que Caetano não cometeu crime ao apoiar eventos religiosos


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL