Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 23 janeiro 2019


Clique na imagem para ampliar

A prefeitura de Camaçari garante que não existe funcionário fantasma na secretaria de educação do município (Seduc). Em nota distribuída para a imprensa, na tarde desta quarta-feira (23),  a Seduc e a Secretaria de Administração (Secad) admitem o erro e prometem promover a ‘correção dos dados no Portal do FNDE/MEC’. Ainda segundo o documento (leia íntegra abaixo), a correção vai mostrar que os funcionários listados na unidade, que a prefeitura chama de Creche Municipal Boa Esperança, apareçam no sistema em ‘seus devidos locais de trabalho’. 


A nota da prefeitura não esclarece como um erro tão gritante possa ser cometido durante todo o ano de 2018, período apurado pela Coluna. No documento a prefeitura apresenta como comprovação da veracidade da sua informação a ‘Folha de Pagamento da Seduc' e o 'registro de frequência’. Atribui a erro na informação do ‘código da escola’  a geração do que chama de ‘inconformidade nos dados municipais concernentes à locação de servidores’. 


A Seduc também não explica o que aconteceu para ocorrer tão grande discrepância entre as informações que constam na  ‘Folha de Pagamento da Seduc' e no 'registro de frequência’, diferentes da lista do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Tanto a lista local como a federal são abastecidas diretamente pela Seduc. Através de senha exclusiva para acessar e postar diretamente as informações, a lista do FNDE exibe erros entre janeiro e outubro de 2018, período divulgado no portal federal. 


Em janeiro a unidade com duas salas de aula e cerca de 40 alunos tinha, de acordo com o site do FNDE,  264 profissionais lotados, entre professores e pessoal de apoio. Nos demais meses não houve correção do erro por parte da prefeitura e a lotação continuou muito acima dos 11 profissionais que a Seduc assegura que atuam de forma efetiva na unidade. Em fevereiro foram identificados 256 servidores, em março foi repetido o mesmo número. Em abril subiu para 259, em maio constavam 167, em junho apareciam 137, 1 servidor a mais que  julho (136). No mês de agosto foram listados 148 servidores. Em  setembro esse número subiu para 151. Outubro, com 146 servidores lotados, é o último mês que consta na lista do governo federal. 


Mesmo parecendo sem importância, a nota da  prefeitura também não explica a diferença de nomenclatura da escola, citada na nota oficial como Creche Municipal Boa Esperança, mas listada no portal do governo federal e identificada na fachada da unidade como Escola Municipal de Educação Infantil da Nova Vitória.


Apesar da certeza de que estava tudo certo e não existia nenhuma irregularidade, a Seduc precisou de mais de 24 horas para negar a existência de fantasmas na creche localizada no bairro Nova Vitória. Denúncia do Camaçarico (Confira) foi postada ontem (22) no começo da tarde.   


Confira a íntegra da nota da prefeitura 


*NOTA DE ESCLARECIMENTO* 


A Prefeitura Municipal de Camaçari vem a público esclarecer as informações veiculadas na imprensa, referente ao quadro funcional da Creche Municipal Boa Esperança, no bairro Nova Vitória, na relação com a pretensa existência de funcionários fantasmas na Secretaria de Educação (Seduc). 


A Creche Municipal Boa Esperança conta com 11 profissionais de carreira lotados e em exercício (sendo 5 professores, 3 assistentes de creche, 1 assistente administrativo, 1 merendeira e 1 porteiro), para atender em tempo integral 33 crianças. Os demais profissionais citados na imprensa como fantasmas, todos de carreira e em pleno exercício de suas funções, estão distribuídos em outras unidades de ensino, bem como em outras unidades administrativas.  


Essa informação pode ser comprovada por meio de dados consolidados na *Folha de Pagamento da Seduc*, bem como através de *registro de frequência* desses servidores, documentos que estão à disposição de qualquer cidadão. Informações equivocadas lançadas no Sistema de Informações sobre  Orçamentos Públicos em Educação (SIOPE),  relativas ao código da escola, entretanto, geraram essa inconformidade nos dados municipais concernentes à locação de servidores. A Seduc e a Secretaria de Administração promoverão a correção dos dados no Portal do FNDE/MEC imediatamente, para que os funcionários apareçam no sistema em seus devidos locais de trabalho.  


Portanto, a Prefeitura comunica que não há qualquer indício de existência de funcionários fantasmas na Seduc, reafirma o compromisso do governo com a transparência e ética como pilares da gestão pública, e reitera o respeito aos servidores da educação.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php 


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


23/1/2019



Mais Notícias

Últimas cartadas
Ex-ministra diz que situação do Judiciário Baiano é 'preocupante'
Deputado gasta cota parlamentar com combustível para lancha
Movimentação do vice Mourão incomoda Bolsonaro
Governo reduz valor de projetos autorizados pela Lei Rouanet
Odebrecht mantinha 'bunker da propina' no centro de São Paulo
Camaçarico 22 de abril 2019
Tricolor vence o Bahia de Feira é fatura 48º campeonato baiano
Economia do Brasil encolhe e fica próxima da Colômbia e do Peru
Governo decreta sigilo sobre estudos que mudam a Previdência


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL