Busca:
Frase do Dia “Ocorreu um aumento na morte violenta de jovens negros de 16 a 24 anos, e ao mesmo tempo, houve um decréscimo de 32% de jovens brancos (...) Isso quer dizer que a morte de tiro, faca, morte violenta, ela tem cor no estado brasileiro” Humberto Adami, presidente da Comissão da Verdade da Escravidão Negra, da Ordem dos Advogados do Brasil
Camaçari, 28 de Fevereiro de 2015
 
Taxa desemprego em janeiro na Grande Salvador fica em 16,3%
Contingente de desempregados foi estimado em 304 mil pessoas, 1 mil a menos que no mês de dezembro, segundo pesquisa realizada pelo governo do estado em parceria com o DIEESE.Nos últimos 12 meses, o contingente de desempregados decresceu em 17 mil pessoas

Câmara cria 'vale esposa' com passagem para mulher de deputado
Além da garantia de passagens áreas pagas pela Câmara entre estados de origem e Brasília pacote também ampliou verbas para gastos dos parlamentares e auxilio-moradia. Impacto das novas medidas será de R$ 151 milhões, valor próximo dos 5% do orçamento total da Câmara dos Deputados, que é de pouco mais de R$ 3 bilhões

Mais Notícias

Camaçarico
Prefeito e ex-alcaide disputam factóides e audiência nas ondas do rádio, enquanto oposição sem microfone se desdobra para garantir dupla audição. Vereador Antonio Elinaldo e deputado Luiz Caetano aparecem com destaque em pesquisa a 19 meses das eleições

Eventos e Gente
Engajada A atriz Letícia Sabatella é peça na campanha contra as agressões a mulheres, promovida pelo Fundo Brasil de Direitos Humanos. Lembra o 8 de março informando que: "a cada cinco minutos uma mulher é agredida e a cada duas horas uma mulher é assassinada no Brasil"




Colunistas


Adelmo Borges

Como na  música,  as mudanças também acontecem na política. Também no espaço democrático e de participação popular, agentes políticos precisam entender que a fila anda


Pablo Reis

Foda-se o jornalismo canônico e sua conversa fiada de que para um fato há duas versões. Não há duas versões para Natanael, 17 anos, neto de dona Marina e 1 dos 12 executados na madrugada de 6 de fevereiro, no Cabula, em Salvador




Antonio Elinaldo

No Brasil, o Planalto deveria agir com a mesma energia com que criticou o governo indonésio para reduzir os índices de violência e adotar uma política firme de combate ao tráfico de drogas, inclusive do ponto de vista da legislação, enfrentando assim a morte de tantos jovens


Cleiton Pereira
Enquanto alguns municípios e gestores comemoram a redução de índices de acidentes relacionados ao consumo de bebida alcoólica, Camaçari, ao que tudo indica, comemora a ausência de fiscalização da "Lei Seca"


Outros Colunistas  

TV Camaçari Agora


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2015 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL