Busca:

  Notícia
 
Brasileiro atrasa até a conta de luz para garantir consumo básico


O aumento das tarifas de energia têm  ajudado  a engrossar as estatísticas de inadimplência. Com o desemprego elevado e inflação em alta, as pessoas estão direcionando os gastos para garantir o consumo básico e comida e até se arriscam a ter luz e água cortadas ao deixar de pagar a conta.


Nos últimos 12 meses até abril, a energia já subiu 20,52%, e superou a inflação geral de 12,13% no período. Depois das pendências com bancos, com alta de 18,75%, as dívidas não pagas de contas básicas de água e luz foram as que mais cresceram em abril ante o mesmo período de 2021. O aumento foi de 7,92%, aponta levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).  No passado o avanço da inadimplência dessas contas básicas oscilava entre 2% e 3%.

Mais Notícias

Taxa de desemprego cai e já é a menor no trimestre março/maio desde 2016
Biografia
A baiana Ana Marcela vence o mundial de nado em águas abertas
Forró dos Jornalistas agita a sexta-feira no Gibão de Couro
Fenaj e Sinjorba condenam tentativa de intimidação de vereador
Forró dos Jornalistas agita a sexta-feira no Gibão de Couro
CGU investiga compra de ônibus e gastos do Fundo de Educação
Eleição se ganha no dia
Presidente da Caixa é investigado por crime de assédio sexual
Salvador é a vice-campeã entre as capitais brasileiras com mais assassinatos


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2022 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL