Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 20 de abril 2022


Mapa de Camaçari

Memória Mais uma vez a Câmara de Vereadores de Camaçari segue injusta com sua história e distante do seu compromisso constitucional. Mesmo festejado durante a sessão especial, pelos 74 anos do Legislativo Municipal, na terça-feira (20), o ex-vereador Raymundo Mônaco, 80 anos, merecia mais. Muito mais que um histórico de 6 mandatos e 28 anos de intensa participação no cenário político, Mônaco é memória e consciência da necessidade de compartilhar essa história com as gerações futuras. 


Memória 2  É de sua autoria um minucioso estudo sobre o Legislativo Camaçariense. Trabalho que já deveria ter sido publicado há pelo menos uma década, segue engavetado por falta de entendimento e vontade política da mesa diretora. Apesar do milionário orçamento de cerca de R$ 70 milhões, Legislativo segue copiando o Executivo, que não apenas ignora a história da cidade, como manda demolir suas referências, como fez com o centenário casarão que foi sede dos 3 poderes. 


Memória 3 O triste movimento de esquecer a necessidade de contar e compartilhar essa história virou marca. O atual presidente do Legislativo, vereador Junior Borges, apenas deu prosseguimento ao lamentável descuido. Lista é engrossada pelo seu antecessor, pelo antecessor do antecessor, pelo antecessor do antecessor que o antecedeu...


GPS Depois de muito vai-não-vai, o vereador Junior Borges (União) finalmente sinalizou que fica na base do alcaide Elinaldo. Sem uma declaração contundente e necessária, reafirmando sua crença no projeto político do grupo, que tem o correligionário ACM Neto como candidato a governador, o presidente do Legislativo de Camaçari preferiu uma manifestação inusitada.


GPS 2 Provavelmente apostando na música como bálsamo até na política, levou ao gabinete do alcaide o grupo musical gospel “Arautos do Rei” para uma apresentação. Econômico nas manifestações sobre o tema, que todos esperavam ouvir, Borges apenas reafirmou seu ´amor` a Elinaldo.


GPS 3 Borges, que chegou a conversar com o governador Rui Costa (PT), sobre rompimento com o grupo do alcaide Elianldo e sua ida para o MDB, com o apoio a seu projeto de conquista de uma cadeira na Assembleia Legislativa, segue fragilizado e com baixíssimo grau de confiança. Essa certeza, tanto de um lado, como do outro, se cristaliza com sua indecisão ao recusar do apoio oferecido por Rui. A Coluna apurou que o governador ofereceu espaço eleitoral em algumas cidades e a certeza de ser o estadual em Camaçari, inclusive com uma dobradinha especial com a candidata a federal Ivoneide Caetano (PT).


GPS 4 Já o alcaide, segundo fontes ouvidas pela Coluna, segue engasgado com a situação, mas paciente e estratégico, como manda o manual da política, com o aliado de histórico cheio de imprevisibilidades. Esse entendimento ficou claro durante o encontro musical, terça-feira (12). Em fala capturada pelo repórter Moura Positivo, do Portal Abrantes, Elinaldo não deixou de dar o aviso: “Quando ele sinaliza que é preciso defender ele, o problema não é com o prefeito, é com todo o grupo e dentro disso eu tenho orientado, mas isso não quer dizer que sou dono da verdade, acho que na vida cada um aprende um pouquinho, eu aprendo com ele, ele aprende comigo. Acho que temos que mergulhar, avaliar e deixar passar o tempo para ver se amadurece. A gente planta, cuida, a fruta cresce, amadurece, mas é tudo no tempo de Deus “, disse.


GPS 5 Num sinal claro de crise de identidade política, Borges termina exibindo uma trajetória de oscilação. Não é a primeira vez que o jovem político pratica movimentos de discordância com a gestão Elinaldo. Ainda nas negociações de montagem do governo, em 2016, tencionou para ser o presidente do Legislativo, tentando em vão atropelar um acordo que assegurou o tucano Oziel Araújo, e o então demista Jorge Curvelo, para os dois biênios (2017/2018 e 2019/2020), respectivamente. Sua oportunidade só veio com a reeleição em 2020, com o comando da casa no biênio iniciado em 2021, e que se encerra em dezembro, daqui a pouco mais de 9 meses.


GPS 6 Em 2017 o vereador seguiu insatisfeito e ensaiou rompimento. Chegou a anunciar a entrega dos cargos que possuía na máquina municipal. A crise foi contornada e Borges terminou ganhando a secretaria de habitação (Sehab) no começo de 2018. 


GPS 7 Com inegável capacidade de articulação, histórico de atuação nos movimentos sociais e presença política desde os tempos de estudante, quando presidiu a associação municipal de estudantes secundaristas (Ames), Borges, apesar dos 3 mandatos de vereador, parece não saber juntar essa experiência e definir seu caminho. Sem esse posicionamento, e tentando se equilibrar em caminhos exigem definição, vai ser mais um como tantos outros que passaram pela política de Camaçari.


Também O empresário Fábio Lima (PP) não está sozinho no nicho de candidatos da base do governo municipal, com o carimbo de ´nativo de Camaçari`. O microempresário Cal (DCC) garante que seu nome é a outra alternativa para o eleitorado governista.


Capitania Guarajuba, famoso point da orla de Camaçari, se comporta como se fosse uma região autônoma, onde as decisões sobre a organização do seu espaço urbano parecem não passar pelo crivo da administração do alcaide Antonio Elinaldo (União).


Capitania 2 O mais recente sinal dessa ´autonomia` foi a alteração do letreiro gigante destacando o nome da localidade. Instalado pela prefeitura, dentro do projeto de identificação visual das localidades da orla, peça foi modificada e ganhou novas cores e teve até a marca “Costa de Camaçari” apagada e substituída pelo “Eu amo”, representado por um coração vermelho.


Capitania 3 Essa não é a primeira vez que moradores e comerciantes de Guarajuba interferem na região. Numa tentativa de privatizar e elitizar a praia, até o roteiro dos ônibus do sistema municipal de transporte de passageiros foi alterado para dificultar o banho de mar da população.


Capitania 4 Agora, é aguardar as manifestações das secretarias do desenvolvimento urbano (Sedur), e do turismo (Setur), sobre a alteração da peça instalada em área pública do município.


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com – Editor


20/4/2022 Fechamento: 12h42


Todas as Colunas


Instagram Joao leite


You Tube joao leite 

Mais Notícias

Facção baiana Bonde do Maluco cresce com aliança com o PCC
Colunistas
Brasil tem 72 facções criminosas em atuação nos presídios
Espécies exóticas invasoras causam prejuízo ambiental e econômico
Colunistas
PIB do Brasil cresce 2,9% em 2023 e chega a R$ 10,9 trilhões
Colunistas
Brasil ultrapassa 1 milhão de casos e Bahia registra 7ª morte
Desemprego fica em 7,6% e soma 8,3 milhões sem trabalho
Amazônia bate recorde de focos de incêndio em fevereiro


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2024 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL