Busca:

  Notícia
 
Justiça nega pedido e Elinaldo segue réu em processo penal


O prefeito de Camaçari, Antonio Elinaldo (DEM) teve rejeitado seu pedido de  absolvição do processo por crimes de contravenção de jogo de azar, lavagem de dinheiro e de integrar organização criminosa. A ação de 2015, quando o demista era vereador do município, também acusa outros familiares do  prefeito pelos mesmos crimes.
Na decisão da juíza Bianca Gomes da Silva, da 2ª Vara da Criminal de Camaçari, datada de 2 de maio, o pedido é considerado  improcedente por  considerar que existem "provas da materialidade dos crimes". No pedido da defesa de Antonio Elinaldo é soliciatada a rejeição da denúncia, declaração de incompetência absoluta da 2ª Vara para julgar o processo, além da nulidade dos atos decisórios eabsolvição sumária dos acusados.
O  então vereador e foi acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de comandar um esquema criminoso. Elinaldo chegou a ser preso  durante a operação Caronte, no começo da tarde dia 10 de dezembro de 2015, durante  a realização da sessão da Câmara de Vereadores, mas foi solto por decisão da Justiça no começo da tarde do dia seguinte.

Mais Notícias

Maurício Bacelar é o novo diretor da Agência de Defesa Agropecuária
Assassino de Moa do Katendê vai a juri popular em setembro
Governo gastou R$ 1,6 bilhão com vantagem para servidor
Levy deixa o BNDES depois de críticas do presidente Bolsonaro
Construção de anexo do TJ-BA fica mais cara e sobe para R$ 68 mi
Rodrigo Maia diz que governo Bolsonaro é usina de crises
Ballace exibe performances afro e batalha de estilos livres
Novas gravações mostram Moro orientando procuradores
Greve geral fecha a Via Parafuso e acessos ao polo industrial
Lula quer voltar ao poder para rever e refazer as coisas


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL