Busca:

  Notícia
 
Justiça nega pedido e Elinaldo segue réu em processo penal


O prefeito de Camaçari, Antonio Elinaldo (DEM) teve rejeitado seu pedido de  absolvição do processo por crimes de contravenção de jogo de azar, lavagem de dinheiro e de integrar organização criminosa. A ação de 2015, quando o demista era vereador do município, também acusa outros familiares do  prefeito pelos mesmos crimes.
Na decisão da juíza Bianca Gomes da Silva, da 2ª Vara da Criminal de Camaçari, datada de 2 de maio, o pedido é considerado  improcedente por  considerar que existem "provas da materialidade dos crimes". No pedido da defesa de Antonio Elinaldo é soliciatada a rejeição da denúncia, declaração de incompetência absoluta da 2ª Vara para julgar o processo, além da nulidade dos atos decisórios eabsolvição sumária dos acusados.
O  então vereador e foi acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de comandar um esquema criminoso. Elinaldo chegou a ser preso  durante a operação Caronte, no começo da tarde dia 10 de dezembro de 2015, durante  a realização da sessão da Câmara de Vereadores, mas foi solto por decisão da Justiça no começo da tarde do dia seguinte.

Mais Notícias

Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto
Número de queimadas no Brasil aumenta 82% em 2019
Grupos de direita usam mais o WhatsApp que os de esquerda
Salvador sedia Semana Latino-Americana sobre mudança do clima
Trabalho remunerado por hora já representa 9% dos contratos
Lava Jato usou dados da Receita Federal de forma ilegal, diz site


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL