Busca:

  Notícia
 
Novo acordo afasta risco de fechamento da Feira de Camaçari

A prefeitura de Camaçari fechou um novo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público que obriga o município a prosseguir com a cobrança  da taxa  de  condominial dos permissionários da Feira de Camaçari. Pelo novo acordo, estão suspensas qualquer ação judicial que implique no fechamento do centro de compras.  


Homologado nessa quinta-feira (25/04), pelo Juiz César Borges, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Camaçari, o TAC entre a prefeitura e a Promotoria de Improbidade Administrativa, também determina o prosseguimento das obras de melhorias na feira. Em 2015 a Promotoria apontou uma série de irregularidades que embasaram a ação civil pública.


Com cerca de 1.500 permissionários e um movimento diário de 10 mil pessoas, a Feira de Camaçari é considerada o maior centro de compras da região e um  dos maires do estado. Desde 2017 a feira foi fechada 3 vezes por  decisão da Justuiça que considerou infucuicientes as medidas adotadas pela prefeitura, que se comprometeu  através do 1º TAC. O último fechamento da feira foi em fevereiro deste ano. O principal motivo é o não pagamento por parte  dos feirantes da taxa condominial que cobre os custos com água, luz e  manutenção do centro de compras. 

Mais Notícias

Justiça nega pedido e Elinaldo segue réu em processo penal
Sinjorba lança manifesto pelo fortalecimento dos jornalistas
Adolescente negro tem mais chance de cometer suicídio
Zé Dirceu divide cela com Eduardo Cunha e João Vaccari
Decreto de Bolsonaro libera fuzil semiautomático, diz fabricante
Governador defende mensalidade em universidade pública
Camaçarico 20 de maio 2019
As fake news dominaram as informações durante campanha
Salvador sedia Semana Climática da América Latina e Caribe
Estilo conciliador do petista Wagner frustra oposição


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL