Busca:

  Notícia
 
Salvador é a vice-campeã entre as capitais brasileiras com mais assassinatos

Salvador é a segunda capital brasileira com a maior taxa de mortes violentas intencionais (MVI), de acordo com a 16ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. De acordo com o levantamento, das 27 capitais, Salvador, com crescimento de 3,4%, está entre as 6 que apresentaram alta em relação ao 2021. Aparece com taxa de 55,6 mortes por cada 100 mil habitantes, índice maior que o 53,8 por 100 mil do ano passado. A campeã é  Manaus (48,9%), seguida por  Macapá (31,2%), Boa Vista (9,9%), Porto Velho (8,6%), Teresina (9,5%).


Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a categoria mortes violentas intencionais corresponde à soma das vítimas de homicídio doloso (incluindo os feminicídios), latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais em serviço e fora (em alguns casos, contabilizadas dentro dos homicídios dolosos).


A categoria MVI representa o total de vítimas de mortes violentas com intencionalidade definida de determinado território. “O número de policiais mortos já está contido no total de homicídios dolosos e é aqui apresentado apenas para mensuração do fenômeno”, explica o documento.

Mais Notícias

Bahia passa a boiada e desmata o equivalente a 417 campos de futebol por dia
Bahia é o 2º estado com mais beneficiados pelo auxílio-gás
Lula informa R$ 7,4 milhões em bens e Alckmin apenas R$ 1 milhão
Baiano Isaquias conquista o mundial de canoagem de 500 metros
Camaçari inicia nesta segunda-feira campanha de multivacinação
ACM Neto oficializa candidatura a governador e promete mudança
Propaganda eleitoral começa dia 26 e Lula terá o maior tempo
A Bahia tem 1 advogado para cada 276 habitantes
Ana Coelho é a candidata a vice-governadora na chapa de Neto
Saques na poupança em julho superam depósitos e batem recorde


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2022 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL