Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 16 de setembro 2019


L.I.M.P.E.  A comunicação da prefeitura de Camaçari não parece preocupada com a imagem de transparência da gestão do alcaide Antonio Elinaldo e de toda a estrutura de poder capitaneada pelo Democratas (DEM), que assumiu o comando do Executivo e do Legislativo do município, com a vitória nas urnas de 2016. Num claro equívoco e na contramão da independência entre os poderes, profissionais da prefeitura, com o estranho aval da gestão da direção do Legislativo, avançam em atribuições que deveriam manter distância. 


L.I.M.P.E. 2  Não pode ter outra leitura a participação de 1 dos 3 profissionais que comandam a comunicação da prefeitura, estrutura ligada à secretaria de governo (Segov), na comissão julgadora que vai escolher a agência de publicidade responsável pela produção do material de comunicação do Legislativo. Processo de escolha da vencedora da conta, que pode chegar a R$ 1,4 milhão até o final de 2020, está marcado para o dia 17 de outubro, no prédio da Câmara de Vereadores.   


L.I.M.P.E. 3 Entre os 3 membros escolhidos que comporão a “subcomissão técnica”, 2 foram selecionados entre os 6 “com vínculo funcional ou contratual” com o Legislativo, enquanto o 3º membro saiu da lista tríplice dos “sem vínculo  funcional ou contratual” com a Câmara de Vereadores. Pela Câmara foram escolhidas as jornalistas e servidoras Fernanda Melo e Juliana Geambastiani. Já na lista dos não ligados ao Legislativo, a vaga na comissão ficou com o também profissional de comunicação e coordenador de publicidade da prefeitura, Lucas Moreno. De acordo com o Edital de Concorrência, datado de 2 de setembro, a relação com os 3 nomes deve ser publicado no Diário Oficial do Município nos próximos dias. 


L.I.M.P.E.  4 Segundo apurou a Coluna, processo exibe estranhos sinais desde a montagem da comissão. Lista dos 3 nomes “sem vínculo funcional ou contratual”, inicialmente formada pelas jornalistas Fabiana Monte, Jane Silva e Tâmara Paixão, todas com larga experiência e conhecimento da realidade da cidade, terminou sendo mudada. 


L.I.M.P.E. 5 Para compor essa nova lista tríplice, de onde também saiu, através de sorteio realizado no último dia 12, o 3º membro da “subcomissão técnica” que irá escolher a agência, a direção do Legislativo apostou em outros nomes. No lugar das 3 jornalistas foram apresentados os também profissionais da área: Vanessa Rodrigues, diretora de comunicação da prefeitura, e os coordenadores Henrique da Mata (jornalismo) e Lucas Moreno (publicidade). 


L.I.M.P.E. 6 Sem discutir qualificação técnica e experiência das agências que disputam a concorrência da Câmara de Vereadores, a Coluna apurou que uma das agências que deve disputar a conta tem como cliente a prefeitura de Camaçari. Por coincidência, o 3º membro, sorteado entre os “sem vínculo funcional ou contratual”  da comissão julgadora responsável pela escolha da agência com melhores condições de atender as necessidades de comunicação do Legislativo de Camaçari, é justamente o coordenador de publicidade da prefeitura. Portanto, o profissional que  faz o link direto entre cliente (prefeitura) e prestador de serviço, no caso a agência.


L.I.M.P.E. 7  Além de pouco republicana, a troca de profissionais da cidade por representantes de outro poder sinaliza uma atitude que seguramente não ajuda na lisura do processo. A independência entre os poderes municipais Executivo e Legislativo é regra constitucional. Mais uma vez o Camaçarico lembra a L.I.M.P.E., sigla que resume os princípios da administração pública da Legalidade, da Impessoalidade, da Moralidade, da Publicidade e da Eficiência.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


16/9/2019

Mais Notícias

Desigualdade aumenta no Brasil, diz estudo do IBGE
Obrigada por serem os melhores
SSP investiga atentado contra o deputado Soldado Prisco
Justiça manda interditar sedes das associações de PMs
Marcelo Odebrecht dá aula sobre boas práticas empresariais
Ministério Público aciona governo federal e Ibama por vazamento
Novo Minha Casa foca famílias com renda de até R$ 1,2 mil mensais
Um deputado. E a população em pânico
Desembargadora é investigada por tomar salário de assessor
Justiça manda shopping indenizar cliente por prática de racismo


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL