Busca:

  Notícia
 
Camaçarico de 28 de março de 2017


Container  Se não houver nenhum abalroamento de caçambas compactadoras, a licitação do lixo de Camaçari, estimada em mais de R$ 80 milhões, acontece na manhã do próximo dia 19 de abril. Como mostrou o Camaçarico, processo vem se arrastando desde o começo do ano passado (Confira). Já sob a influência do grupo político vencedor das eleições municipais, a nada cheirosa novela para o bolso do contribuinte e para a saúde da cidade ganhou novo capítulo  (Confira). 


Container 2 Travada, a licitação caminhou para o confortável processo emergencial capitaneado pelo novo alcaide, Antonio Elinaldo (DEM). Mesmo sob o manto da transparência, processo de escolha da empresa que cumpre o contrato emergencial de 3 meses, deixou sinais de lixo debaixo do tapete. Vencedora do certame baseado no menor preço foi justamente a Naturalle Tratamento de Resíduos Ltda, empresa do filho do ex-governador Paulo Souto, mesmo partido do alcaide.


Container 3 Se não houver colisões entre os grupos, licitação sai. Caso contrário, a Naturalle, que pode concorrer na licitação do dia 19,  terá seu contrato emergencial renovado por mais 3 meses, como manda a Lei. Empresa recebe mensalmente R$ 5 milhões e 800 mil, ou total de R$ 17,4 milhões por 90 dias. Com histórico de trombadas por tão precisoso serviço, Coluna voltou ao tema em janeiro (Confira).


Sabida Mesmo fora do comando do programa Cidade do Saber, desde a manhã de segunda-feira (27/3), a ONG Instituto professor Raimundo Pinheiro segue queimando patrimônio do município. É o que mostra o site de compras e transações. Por R$ 51 mil está sendo anunciado o caminhão Ford, placa JSH-3762, ano 2009 (Confira).  Com preço cerca de 20% abaixo do valor de mercado, segundo pesquisa da Coluna, veículo usado para transporte do baú do programa Ponto Móvel, tem 41 mil quilômetros. Também foi para a fogueira o automóvel modelo corsa, ano 2012, placa NZR-9893.


Sabida 2  A Coluna apurou junto a funcionários que os veículos, mesmo documentados como propriedade da ONG Instituto Professor Raimundo Pinheiro, integram o patrimônio do programa municipal. Mantida quase que na sua integralidade com recursos do município, a Cidade do Saber recebia ajuda financeira para aquisição de equipamentos destinados ao programa, dizem essas mesmas fontes.


Sabida 3 Gerindo a Cidade do Saber desde a sua criação, em 2007, ONG perde ‘Contrato de Gestão’ com um currículo nada abonador. Nestes 10 anos de vida, já que foi criada  para gerir a Cidade do Saber, ONG administrou cerca de R$ 70 milhões recebidos dos cofres de Camaçari. Sai com uma conta nada pequena de problemas com a Justiça.


Sabida 4 A ex-diretora da Cidade do Saber e presidente da ONG, Ana Lúcia Alves da Silveira,  enfrenta processo provocado pelo Ministério Público Estadual (MPE), que cobra a devolução de R$ 20 milhões por gastos indevidos. A decisão da Vara da Fazenda Publica de Camaçari foi notícia no Camaçarico de 16 de dezembro (Confira).


Sabida 5 ONG também enfrenta ações no Ministério Público Federal (MPF), com investigações da Polícia Federal em andamento, e Ministério Público do Trabalho (MPT), por atropelar a legislação trabalhista.


Retorno  A deputada Luiza Maia (PT) não quer ficar sem mandato e já planeja se candidatar a vereadora por Camaçari, seu domicílio e principal base eleitoral, nas eleições de 2020. Declaração da parlamentar foi dada ao site Bahia.ba. Luiza, que  vive seu 2º mandato, tem dito que não disputará a renovação da vaga na Assembleia Legislativa, em 2018. Para ela, a função parlamentar não é eterna e precisa ser renovada com troca de lideranças. Para reforçar  essa convicção, a deputada tem enfrentado números decrescentes na disputa. Foi eleita pela 1ª vez em 2010 com quase 80 mil votos, sendo 24.605 votos em Camaçari. Já na 2ª disputa, em 2014, perdeu quase 40 mil apoios. Obteve pouco mais de 42 mil votos no estado e 15.269 votos em Camaçari, sua principal base.


Retorno 2 É visível a queda de popularidade da deputada Luiza Maia. Além de situações desconfortáveis durante eventos públicos, como o recente lançamento da duplicação da Via Cascalheira, Luiza não consegue repassar votos. Elegeu em 2012 o seu sobrinho Otaviano Maia, com 1.587 votos, último lugar na coligação. Já nas eleições do ano passado a jovem liderança petista somou 1.207 votos e ficou de fora do Legislativo.


Retorno 3 Vereadora de Camaçari por 3 mandatos (1983/1988, 2005/2008 e 2009/2012) e presidente do Legislativo Municipal (2006-2008 e 2009-2010), Luiza não esconde a vontade de disputar a sucessão do prefeito Antonio Elinaldo (DEM), como sua principal aposta. Caso consiga ser candidata, não será a 1ª vez. Luiza Maia tentou o cargo nas eleições de 1988, mas foi derrotada pelo hoje vice-prefeito e também com 3 passagem pelo comando do município, José Tude (PMDB). 


Retorno 4 Fontes petistas ouvidas pela Coluna acreditam que dificilmente conseguirá seu objetivo diante da vontade do seu ex-esposo e líder político do grupo. O deputado federal e 3 vezes alcaide do município, Luiz Caetano (PT), tentará vingar a derrota que sofreu nas eleições para prefeito em 2016. Também na fila e pronto para a missão, o vereador Téo Ribeiro, decano com 5 mandatos legislativos, filho de vereador e nativo.


Proteção O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) chega aos 138 alunos da Escola Zumbi dos Palmares. Localizada na Via Cascalheira (BA-331), unidade municipal vai receber palestras sobre os riscos das drogas e medidas de prevenção. O Proerd é gerido em Camaçari pela Polícia Militar. Parceria foi fechada entre o tenente-coronel Henrique Melo, comandante do 12º BPM, e o líder religioso do terreiro, Tata Ricardo Tavares. Segundo a PM, desde 2007, quando foi implantado no município, o programa beneficiou mais de 6 mil alunos do ensino fundamental.


Red bull E o peixe das cerca de 25 mil famílias carentes de Camaçari ganhou asas e voou para longe da Cesta de Páscoa. Projeto bancado pelo município até o ano passado, segue sem sinais de que será mantido. 


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite – Editor 


28/3/2017

Mais Notícias

Pesquisa mostra crescimento na aceitação de Luciano Huck
Camaçarico 23 de novembro 2017
MP pede o bloqueio de R$ 3 milhões dos bens de Helder
Aposentadoria integral só com 40 anos de contribuição
PF prende casal de ex-governadores do Rio de Janeiro
Juiz Marcelo Bretas diz que a Lava Jato é eterna
Brasil gasta 30% da Previdência com aposentadoria dos mais ricos
MP cobra R$ 3,1 mi de ex-vereador por pagamentos irregulares
ONU considera retrocesso a proposta de proibir o aborto no Brasil
Banco Mundial defende fim do ensino gratuito para os mais ricos


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL