Busca:

  Notícia
 
Fim da greve dos professores pode ser decidida nesta terça

O fim da greve dos professores da rede municipal de Camaçari pode ser aprovada na assembléia desta terça-feira (15), a partir das 9h, na sede do Sinditiccc. Com a garantia da maioria das reivindicações da categoria,  inclusive com a realização de eleição direta para diretor de escola até o início do 2º semestre, a tendência é acabar com a paralização iniciada dia 25 de fevereiro.


Essa é a avaliação da maioria da comissão de negociação, formada por 7 diretores e 3 professores escolhidos em assembléia. A mobilização da categoria garantiu conquistas como aumento do salário para R$ 1.552,00, reajuste do auxílio alimentação para R$ 220,00 e incorporação do abono de R$ 200,00 e R$ 100,00 retroativos a janeiro. A reposição de 7,5% do auxílio transporte, percentual aplicado  no sistema de ônibus metropolitano foi outra importante conquista, avalia a direção do Sindicato dos Professores de Camaçari (Sispec). 


A única reivindicação que não foi aceita pela prefeitura foi a formação de uma  parceria para  pagamento do plano de saúde. A proposta de contribuição de 50% do valor, segundo a prefeitura é impraticável  diante  dos compromissos do orçamento de 2011. Ficou decidido formar uma comissão  para até  o começo do 2º semestre  encontrar uma fórmula que contemple professores e município. 


A greve dos  2 mil professores deixa sem aulas cerca de 50 mil alunos. A categoria que hoje recebe R$ 1.124,00, defendia o pagamento imediato do piso nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores  em Educação (CNTE), de R$1.597,87.

Mais Notícias

Deficit nas contas do governo chega a R$ 20 bilhões
Gasolina pode ficar entre 4% e 5% mais cara
Taxa de desemprego em setembro na Grande Salvador diminui 0,6%
Servidor de Camaçari comemora dia com festa no Clube Social
Lei Antidrogas define diferença entre usuário e traficante
Brasil perde para Colômbia, Chile e Peru em competitividade
Aumenta o número de mulheres que engravidam depois dos 30 anos
Movimentos sociais intensificam cobranças no novo governo Dilma
Itália nega extradição e mensaleiro Pizzolato ganha liberdade
Dirceu ganha direito a prisão domiciliar a partir de novembro


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2014 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL