Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 13 de outubro 2021


Regulação  Depois de várias notas distribuídas para a imprensa, defendendo a redefinição de alguns projetos já aprovados pela Corporação Andina de Fomento (CAF) para que parte do dinheiro  emprestado a Camaçari fosse usado na construção do hospital municipal, o alcaide Antonio Elinaldo (Democratas) recuou.


Regulação 2 Calejado com os atropelos de cronogramas da sua secretaria de infraestrutura, com destaque para apenas dois exemplos: a avenida Jorge Amado, e a duplicação do Viaduto do Trabalhador, o alcaide constatou que não conseguiria realizar a obra até 2024, quando conclui seu 2º mandato. Dificuldade parece que vai além da capacidade de execução e prazo da Seinfra. Projeto ou qualquer referência ao hospital sequer aparece no site da CAF.


Regulação 3 Segundo apurou a Coluna, construção do hospital, que chegou a ser festejada como outro marco da gestão, estava orçada em cerca de R$ 70 milhões. Esses recursos, equivalentes a cerca de 12 milhões de dólares, seriam remanejados com o sepultamento de outros projetos previstos incialmente no pacote “Cidades com Futuro” que tem financiamento total de R$ 430 milhões, algo em torno de US$ 80 milhões na atual cotação da moeda americana.


Mistério E o museu de Camaçari, projeto que a prefeitura, através da sua secretaria de cultura (Secult) anuncia desde 2019, segue imprevisível e cheio de baús. O que parecia ser mais demorada, a reforma da estrutura física da antiga estação de trens, espaço onde vai abrigar o acervo, já foi concluída. Segundo a prefeitura, obra custou pouco mais de R$ 600 mil.


Mistério 2 Diferente do que se imagina, e deve ser, não se tem notícia de quando será inaugurado, qual a sua concepção, quais as peças comporão o acervo desse novo equipamento, muito menos os custos dessa etapa final.


Sem pauta A realização da 9ª conferência municipal de saúde, no novo horto florestal, não atendeu apenas a necessidade de midiatizar o espaço recém-inaugurado, depois de quase 2 anos fechado. O uso do equipamento para o debate sem relação com a questão ambiental e toda a sua transversalidade, foi por pura falta de espaço público para realizar o encontro de forma segura e dentro dos protocolos ditados pelos novos tempos da pandemia.


Sem pauta 2 Com o Alberto Martins (TAM) sediando eventos da cultura, só restou o Teatro Cidade do Saber (TCS). Já funcionando de forma precária, antes mesmo da pandemia, o TCS, um dos maiores da Bahia, festejado como orgulho de Camaçari, segue fechado desde o começo de 2020 e carente de uma reforma total.


Sem pauta 3 Como já mostrou a Coluna em várias postagens (Confira), o TCS vem enfrentando problemas de manutenção desde o governo Ademar Delgado, antecessor do alcaide Antonio Elinaldo (Democratas), reeleito no ano passado. Espaço com quase 570 lugares, inaugurado em 2007, se deteriora e deixa Camaçari fora do circuito cultural dos grandes eventos.


Sem pauta 4 Com problemas no ar condicionado, na rede elétrica e precariedade no sistema de segurança contra incêndio, o Teatro Cidade do Saber agoniza. Situação é tão grave, que recentemente foi realizada uma ´gambiarra` no sistema de refrigeração do foyer do teatro para garantir a realização de eventos na caixa de vidro e entrada do TCS.


Palco e Lousa A relação do professor com o teatro e a importância das técnicas usadas pelos atores no palco, para a potencialização do desempenho do mestre em sala de aula. Essa é a proposta da oficina de teatro para professores, que o diretor de teatro Daniel Dali realiza nesta quinta-feira (14), das 15h às 18h, no Teatro Alberto Martins.


Palco e Lousa 2 O projeto, financiado pela Lei Aldir Blanc, através de edital do município, é gratuito e não tem restrição de idade. Maiores informações com o próprio Daniel Dali, pelo telefone/WhatsApp 9 8163-3098. Inscrição pelo link: https://forms.gle/YiVUtJHp9ePADVta9


Poderosas Depois de 18 anos integrando o cast da Líder FM (96.5), a comunicadora Valdirene Oliveira aposta em novo projeto com o site Nossa Hora. Mas, o microfone da emissora do Alto da Cruz não saiu do comando das mulheres. A missão de segurar a liderança da audiência no horário das 6h às 9h agora é da radialista Priscila Rios. A jovem comunicadora não está sozinha. No apoio, aparando as pontas, e reforçando o alto astral, com sua capacidade de improvisação e bom humor, a inconfundível e carismática Matilde, ´a boa`.


Caminhos “Pensando Camaçari e seus espaços” foi o tema do debate que reuniu lideranças empresariais, religiosas e representantes de vários segmentos, segunda-feira (11), na sede do município. Encontro, que promete ser o primeiro de uma série, foi liderado por Sineide Lopes, suplente de vereadora pelo PDT e ex-coordenadora do programa municipal de economia solidária.


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com – Editor


13/10/2021 Fechamento às 14h


Todas as Colunas


Instagram Joao leite


You Tube joao leite 

Mais Notícias

Camaçari registra 8 novos casos de Covid-19 em 24 horas
Casamento ou troca de alianças!!??
Eleitor quer shippar Neto e Lula
Baianos são contra a realização do Carnaval no começo de 2022
Camaçari registra 2 novos casos de Covid-19 em 24h
Camaçarico 2 dezembro de 2021
Número de meninos e meninas de 6 a 14 anos fora da escola cresce 171%
Netinho deve se candidatar a federal com o apoio de Bolsonaro
Lula tem ao apoio de metade dos baianos para voltar ao Planalto
Camaçari registra 9 novos casos de Covid-19 em 24 horas


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2021 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL