Busca:

  Notícia
 
Assassino de Moa do Katendê vai a juri popular em setembro


Mestre de capoeira foi assassinado dia 8 de outubro do ano passado, após uma discussão sobre política

O barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana, acusado de assassinar a facadas o mestre de capoeira o mestre de capoeira Moa do Katendê, irá a júri popular em 11 de setembro deste ano. O crime aconteceu no dia 8 de outubro do ano passado, horas após a votação do primeiro turno das eleições. A investigação da Polícia Civil concluiu que Paulo e Moa brigaram por divergências políticas.


O suspeito virou réu após a Justiça da Bahia aceitar a denúncia do Ministério Público Estadual (MP-BA), no dia 22 de outubro de 2018. Pela morte de Moa, Paulo Sérgio Ferreira de Santana é acusado de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Já por ferir o primo da vítima, Germino do Amor Divino Pereira, de 51 anos, que tentou defender o capoeirista das agressões, o barbeiro responde por tentativa de homicídio duplamente qualificado.

Mais Notícias

Começa segunda-feira o cadastro para o transporte universitário
Camaçarico 16 de julho de 2019
Procurador pede passagem e festeja não ter sido punido
Governo suspende convênio que produzia 19 remédios para o SUS
Consumidor já pode evitar ligações indesejadas de operadoras
Vale vai indenizar cada familiar de vítima com R$ 700 mil
Barragem que se rompeu foi construída sem fundação
Quase metade dos correntistas não sabe quanto paga de tarifa
Dívidas coloca ex-capitão da seleção na lista dos inadimplentes
Casas atingidas pela enchente em Coronel João Sá serão demolidas


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL