Busca:

  Notícia
 
Bahia fecha dezembro com menos 11 mil postos de trabalho

A Bahia fechou 11.705 postos de trabalho com carteira assinada em dezembro de 2018. De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o resultado negativo decorre da diferença entre 39.501 admissões e 51.206 desligamentos.


Já no acumulado do ano, a Bahia gerou 28.621 novos postos de trabalho. Este resultado fez com que a Bahia ocupasse a quinta posição no país e a primeira na região nordestina quanto à geração de empregos.


No Nordeste, além da Bahia, com -11.705 postos, todos os outros oito estados da região apresentaram desempenho negativo no mês: Pernambuco (-14.954 postos), Ceará (-5.481 postos), Maranhão (-2.918 postos), Paraíba (-2.616 postos), Rio Grande do Norte (-2.268 postos), Sergipe (-1.679 postos), Alagoas (-1.540 postos) e Piauí (-823 postos).


Em dezembro 5 setores contabilizaram saldos negativos: Construção Civil (-3.748 postos), Agropecuária (-3.693 postos), Serviços (-2.694 postos), Indústria de Transformação (-1.870 postos) e Administração Pública (-119 postos). Em contrapartida, três setores exibiram saldo positivo no mês, Serviços Industriais de Utilidade Pública (+343 postos), Comércio (+52 postos) e Extrativa Mineral (+24 postos).

Mais Notícias

Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto
Número de queimadas no Brasil aumenta 82% em 2019
Grupos de direita usam mais o WhatsApp que os de esquerda
Salvador sedia Semana Latino-Americana sobre mudança do clima
Trabalho remunerado por hora já representa 9% dos contratos
Lava Jato usou dados da Receita Federal de forma ilegal, diz site


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL