Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 31 de julho 2018


Invisível A política de assistência social do governo Antonio Elinaldo (DEM) nem completou 2 anos, mas segue firme na pole position do atraso e já começa a deixar para trás as ineficientes e desrespeitosas gestões dos antecessores Luiz Caetano (PT), e do ex-petista e hoje sem partido, Ademar Delgado. 


Invisível 2  Depois de atropelar o Estatuto da Criança e do Adolescente, com o gritante descompromisso com o fortalecimento e a modernização da Casa da Criança, e de descuidar de outros programas de apoio à população carente de Camaçari, a secretaria do desenvolvimento social e cidadania (Sedes) segue acelerando para longe da sua função constitucional de promover a redução da desigualdade. 


Invisível 3 O novo cavalo de pau da gestão Illay Ellery, antecedida pelas direções não menos perigosas das ex-secretárias Janete Ferreira e Simara Ellery, é o centro especializado para população em situação de rua. O centro Pop, como é conhecido, teve suas atividades suspensas nessa terça-feira (31) por falta de energia. Segundo apurou a Coluna, unidade está com débito de 4 meses com a Coelba. O corte no fornecimento de energia é apenas uma parte da história de abandono e desprezo pelo centro Pop.


Invisível 4 Ignorado pela Sedes, tal qual a população que deveria atender, como manda a política de assistência social respaldada por dinheiro federal, o centro Pop não passa de um ‘morador de rua’. Graças a omissão dos seus gestores, unidade não fornece kit higiene para distribuir com seus usuários, muito menos alimentação e um programa de acompanhamento psicossocial como manda a legislação.


Invisível 5 O centro Pop é tão desprezado que sequer possui identidade. Instalado numa casa precária e insegura na avenida Eixo Urbano, o centro que deveria ser especializado em acolhimento à população em situação de rua não possui nem placa de identificação. Não muito distante de outras unidades da Sedes, centro Pop parece ter como sua única função alojar no seu comando apadrinhado político que nada sabe sobre política de assistência social, muito menos sobre compromisso com o semelhante.


Refresco  A gestão do alcaide Antonio Elinaldo (DEM) só deve fazer nova pesquisa para avaliar o 2º ano de governo depois das eleições. Na qualitativa, realizada no começo do ano, os grupos de moradores entrevistados reclamaram com mais intensidade da qualidade do serviço de saúde comandado pelo doutor e vereador licenciado Elias Natan (PR). A educação, sob a régua da professora doutora Neurilene Martins, também levou nota baixa. Empatou na lista de queixas com a segurança. 


História  A localidade de Vila de Abrantes, onde tudo começou, lá pelos idos do século 16, parece que vai ganhar um sistema de saúde mais próximo do merecido. Mesmo com a maior população fora da sede de Camaçari, a nascida aldeia do Espírito Santo de Ypitanga chegou a perder sua unidade de Pronto Atendimento (PA). A alegação de que seus atendimentos poderiam ser deslocados para cerca de 8 quilômetros adiante, em Arembepe, não resistiu a pressão popular.


História 2 Agora, depois do recuo com o anúncio da manutenção da unidade, a secretaria de saúde (Sesau) vai além e anuncia que Abrantes será sede de um dos 3 distritos sanitários (DS) de Camaçari. Os outros 2 DS funcionarão na sede e em Monte Gordo.


História 3 Mais uma vez, Abrantes é personagem de uma história que precisa de mais detalhes para virar real. Fonte da Coluna assegura que a Sesau vai precisar de muita sutura para assegurar que o município tenha esses 3 distritos sanitários. Muito mais que a placa, para ganhar status de DS, localidade precisa ter programas saúde da família e unidades básicas em pleno funcionamento, uma estrutura com leitos, serviços de média complexidade e médicos especialistas.


História 4 Curativo ainda mais difícil será em Monte Gordo, onde a prefeitura de Camaçari planeja instalar o 3º DS. Como em Abrantes, localidade vai precisar de médicos especialistas, leitos e serviços de média complexidade.


Desidratação A candidatura a deputado estadual do vereador e presidente do PT de Camaçari, Jackson Josué, deixa ainda mais magra a postulação do candidato do ex-prefeito Luiz Caetano. Padrinho e articulador da rede de apoios ao empresário Raimundinho da JR, no município, o deputado federal e candidato a reeleição não vai entregar o prometido, dizem petistas ouvidos pela Coluna.


Desidratação 2 Ainda segundo essas mesmas fontes, o PT de Camaçari, mesmo com a militância insatisfeita, desiludida e fragilizada pelos muitos equívocos locais e muito além Via Parafuso, não vai abrir mão do voto no companheiro. Quem lucra nessa conta é o candidato a reeleição Bira Coroa. Abençoado pelo governador Rui Costa, seguramente o grande cabo eleitoral do partido na Bahia, Bira pode somar uns votinhos extras. 


Desidratação 3 Nessa briga contra a balança, outro que sai perdendo é o vereador Téo Ribeiro. Nome anunciado como certo para a disputa por uma vaga para a Assembleia Legislativa, o decano vereador petista fica fora e deixa de reforçar sua reeleição em 2020. Quem sabe, até na sucessão do alcaide Elinaldo. Mais uma vez o novo petista Jackson enfrenta a balança consciente das suas reais chances nesse pleito de outubro. Mira numa dieta mais favorável no futuro.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php 


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor) 


31/7/2018

Mais Notícias

Servidores ocupam Assembleia contra pacote de Rui Costa
Moro culpa políticos por omissão no combate a corrupção
Brasil projeta safra recorde de 238 milhões de toneladas de grãos
Assessor de Bolsonaro recebia depósitos em dia de pagamento
Futura ministra de Bolsonaro se diz vítima das feministas
Camaçarico 11 dezembro 2018
Receita cobra de Neymar quase R$ 70 milhões de multas
Número de filhos reduz salário da mulher trabalhadora
Coaf vê padrão no movimento bancário de assessor de Bolsonaro
Polícia Federal vasculha endereços de Genito Gama


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL