Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 2 de maio 2018


Retardatária  As aulas no Campus da UFBA  de Camaçari não começam antes de meados de julho. O atraso, que pode entrara por agosto, tem dedo da prefeitura que não conseguiu concluir a licitação para escolha da empresa encarregada pelos serviços de reforma e adequação  dos andares superiores do Teatro Cidade do Saber, onde será  instalada toda a estrutura do curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência, Tecnologia e Inovação. A previsão era de início das aulas na 2ª quinzena de maio, com o início do processo de  abertura de edital e seleção de alunos em abril.


Retardatária  2 Esse cronograma, segundo a  diretora ‘pro temporte’ do campus, a professora doutora  Valterlinda  Oliveira, tem como base a conclusão da licitação e o início das obras já neste mês de maio. Prazo dado pela prefeitura para execução dos serviços de reforma e adequação no prédio da Cidade do Saber para implantação provisória do campus da UFBA é de 30 dias. 


Retardatária  3 Numa 2ª etapa, já sob a responsabilidade da UFBA, serão instalados equipamentos  como laboratórios e biblioteca. Essa etapa, prevista para junho, depois do atraso na licitação, só pode ser iniciada com a conclusão dos serviços de responsabilidade da prefeitura de Camaçari, informa a direção do campus. 


Retardatária  4 Confirmado esse cronograma, a UFBA lança em meados de maio, começo de junho, o edital para seleção dos 100 alunos que terão cerca de uma semana para se inscreverem. A seleção será pela nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O processo de matrícula deve ocorrer imediatamente ao anúncio dos classificados.


Retardatária  5 Enquanto as obras não começam, a UFBA, que também anda atrasadinha, finaliza o processo de seleção dos 9 professores e número igual de servidores que responderão pelo funcionamento do campus de Camaçari nessa fase inicial. A 1ª fase do curso  terá 3 anos e  será realizada na  unidade da Cidade do Saber. A previsão é transferir em seguida para o espaço definitivo, no campus localizado na BA-512, onde  começa a 2ª fase com as formação em engenharia nas áreas de materiais, elétrica, de petróleo e gás, e automotiva. 


Retardatária  6 Não é apenas o processo de início das obras que está fora do prazo por recurso de uma das  construtoras que se sentiu prejudicada com o resultado da licitação iniciada no começo de fevereiro. Parte da estrutura da secretaria de educação (Seduc), que deveria ter deixado as salas da Cidade do Saber desde o mês passado, como apurou a Coluna, continuava alojada no prédio até a tarde de sexta-feira (27). Ouvidos sob a condição de anonimato, professores e servidores que trabalham nessas coordenações garantem que não sabem para onde irão.


Gargalos  Camaçari deve ganhar mais 3 passagens de veículos sobre a linha férrea que corta a região central da sede do município. Gleba E, 2 de Julho e Piaçaveira são os trechos apontados por estudos como necessários para desafogarem o cada vez mais  complicado trânsito de veículos. Com custo estimado em cerca de R$ 200 mil, as 3 novas travessias ampliam para 11 o número de cruzamentos na sede.


Aquecimento O vereador Binho do Dois de Julho (PCdoB) é o candidato a deputado estadual do partido em Camaçari. Com 2.112 votos, 6º no ranking geral entre os 21 eleitos em 2016, Binho fará dobradinha no municpipio com o presidente estadual da legenda, o deputado federal Daniel Almeida. Mesmo com pequenas chances de conquistar uma das 63 cadeiras da Asssembrlai Legislativa, o parlamentar de origem metalúrgica, sabe que colocar o nome é reforço na disputa pela reeleição em 2020. 


Aquecimento 2 Já na base petista, o nome escolhido deve ser o do também vereador Téo Ribeiro. Depois do vai-não-vai, legenda decidiu apresentar um 2º nome alternativo, tirando assim a exclusividade do deputado e candidato a reeleição Bira Coroa, já que a deputada Luiza Maia não disputa o 3º mandato. Com 2.031 votos no pleito passado, 8º na lista geral, Téo, assim como o companheiro de bancada oposicionista Binho, ganha palanque para fazer poupança eleitoral de olho nem 2020. 


Aquecimento 3 O petista Téo pode até disputar a sucessão do alcaide Antonio Elinaldo (DEM). Tudo vai depender da Justiça confirmar ou não o impedimento do chefe e sempre primeirão na fila, o deputado Luiz Caetano, tecnicamente já enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Outro nome provável é o da ainda deputada Luiza Maia, que alimenta o sonho de governar Camaçari desde os anos 1980. 


Aquecimento 4 Na base governista não haverá surpresas. O atual vice-prefeito e 3 vezes alcaide do município, José Tude, ex-MDB de Geddel e agora no DEM de ACM Neto, será o candidato único e contará com todo o apoio da máquina municipal.  


Folga  Camaçari ficou fora do mapa dos protestos e manifestações do 1º de maio. Mesmo com o título de sede do maior complexo industrial integrado do Hemisfério Sul e forte suporte de sindicatos de trabalhadores, como metalúrgicos, construção e químicos/petroqúimicos, município não viu nenhuma manifestação contra a reforma trabalhista, contra a prisão do ex-presidente Lula, muito menos protestos contra a violência crescente. Lideranças que deveriam conduzir esse processo, ainda que fosse um ato ecumênico para marcar a data, preferiram a brisa salitrosa do ato realizado terça-feira à tarde no farol da Barra, em Salvador.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite joaoleite01@gmail.com (Editor)


2/5/2018

Mais Notícias

Servidores ocupam Assembleia contra pacote de Rui Costa
Moro culpa políticos por omissão no combate a corrupção
Brasil projeta safra recorde de 238 milhões de toneladas de grãos
Assessor de Bolsonaro recebia depósitos em dia de pagamento
Futura ministra de Bolsonaro se diz vítima das feministas
Camaçarico 11 dezembro 2018
Receita cobra de Neymar quase R$ 70 milhões de multas
Número de filhos reduz salário da mulher trabalhadora
Coaf vê padrão no movimento bancário de assessor de Bolsonaro
Polícia Federal vasculha endereços de Genito Gama


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL