Busca:

  Notícia
 
MP pede a prisão de secretária de Camaçari por cobrar propina


Segundo o Ministério Público, Juliana e Aridã de Souza comandavam o esquema

O Ministério Público Estadual (MPE) pediu na tarde desta quinta-feira (8/2) a vara Crime de Camaçari a  prisão preventiva da secretária desenvolvimento urbano de Camaçari, Juliana Franca Paes. Segundo o MP, a  titular da Sedur vem praticando crimes  contra os cofres públicos como associação criminosa, corrupção passiva e peculato. 


Pedido assinado pelo  promotor de Justiça Everardo Yunes, também inclui o marido da secretária, Aridã  de Souza Carneiro, considerado pelo MPE o chefe da quadrilha que intermediava as operações de facilitação  pedindo propinas de empresas e investidores interessados na aprovação de empreendimentos imobiliários de médio e alto luxo no município. A denúncia  sobre o  esquema criminoso inclui outras 6 pessoas, sendo 4 servidores do município. os crimes, segundo o MPE  foram praticados de junho de 2017 até o começo de fevereiro.


Em outra ação o MPE pediu à Justiça  o afastamento da secretária e dos servidores envolvidos.


O Camaçari Agora também apurou que a secretária  usava os nome do prefeito de Salvador, ACM Neto e do deputado federal Paulio Azi, ambos do DEM, como reforço nas negociações de propinas. Os principais alvos eram construtoras  responsáveis por loteamentos no município que necessitavam de licenciamento  emitidos pela Sedur. Uma das empresas informou  que a proposta de facilitação custaria R$ 250 mil em dinheiro e mais 3 lotes que somavam mais R$ 450 mil. 


Além do uso do cargo para  benefícios pessoas em troca de  vantagens asseguradas pelo cargo, a secretária e seu marido também são acusados de  apropriação de uma caminhonete   de propriedade do Município de Camaçari, que foi recebido como doação em uma contrapartida de licenciamento de um empreendimento. O Uso do veículo  como se fosse priopriedade da família foi comporvado por relatório técnico do setor de  inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Mais Notícias

Documentos vindos da Suíça reforçam suspeita sobre caixa 2 de Serra
FHC admite composição com o PT para evitar vitória de Bolsonato
Campanha eleitoral começa oficialmente nesta quinta-feira
Raquel Dodge pede a impugnação da candidatura Lula
Camaçarico 15 de agosto 2018
Setor de serviços registra aumento de 6,6% em junho
Nova presidente do TSE reforça tese de inegibilidade de 'ficha suja'
Bolsonaro defende redução da maioridade e 'licença' para matar
FGTS vai distribuir R$ 6,2 bilhões para 90 milhões de trabalhadores
Marina apoia lei do casamento entre pessoas do mesmo sexo


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL