Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 24 de abril de 2017


Padrinhos A presença do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP) na organização da Jornada Pedagógica de Camaçari, em março passado, foi apenas o começo de uma longa parceria entre a ONG e a prefeitura do município. É o que sinaliza a titular da secretária de educação (Seduc), Neurilene Martins Ribeiro. Em recente entrevista, a educadora não detalhou essas novas contribuições, mas assegurou que vai ‘investir na parceria’ com a ONG para ‘construir’ e deixar de ‘legado’ um ‘projeto pedagógico’ para Camaçari.


Padrinhos 2 Com qualificação reconhecida no planejamento e execução de programas na área pedagógica, a ONG ICEP não chega apenas pelo seu trabalho. Tanto a secretária, como o seu subsecretário, Márcio Vila Flor, possuem estreitas ligações com o instituto.


Padrinhos 3 Segundo currículo resumido, apresentado pela prefeitura de Camaçari, quando do anúncio do seu nome em janeiro deste ano, a professora e doutora em educação, Neurilene Martins, foi coordenadora pedagógica do Projeto Chapada. O Camaçarico apurou que a professora também aparece no quadro de membros da ONG. Já o seu subsecretário, o professor e ex-secretário de educação de Aramari, Márcio Vila Flor, também participou como formador e mobilizador social de projetos coordenados pelo Instituto Chapada de Educação e Pesquisa.


Padrinhos 4 A ONG Instituto Chapada foi a responsável pela organização da Jornada Pedagógica de Camaçari, realizada na 1ª quinzena de março deste ano. Presidido pela professora Cybele Amado, também palestrante da Jornada, o Instituto Chapada recebeu pelo trabalho, R$ 50.500,00 através de processo de inexigibilidade, quando o contratante, no caso a Seduc, escolhe o contratado sem necessidade de seleção.


Padrinhos 5 Mas, a parceria Seduc/ICEP pode até ajudar na construção do novo projeto para a Cidade do Saber. Fontes da Coluna garantem que a ONG Instituto Chapada, não confundir com a ONG Instituto Professor Raimundo Pinheiro, aparece como alternativa na construção da nova concepção do programa.


Padrinhos 6 A Coluna apurou que a proposta de municipalização da Cidade do Saber, alardeada pelo novo governo como alternativa mais eficiente do ponto de vista da gestão dos recursos públicos e resultados, começa a perder força depois da desastrada intervenção e seus pífios e negativos resultados. A fórmula seria a mesma aplicada desde a criação da Cidade do Saber, em 2007. Recursos públicos repassados para uma ONG que executaria o programa.   


Pisca-alerta O alcaide de Camaçari não pode continuar sem querer olhar para os 2 lados da pista. O demista Antonio Elinaldo precisa buscar o apoio da concessionária Bahia Norte, do Shopping Boulevard Camaçari e do Atacadão. Região com intensa travessia de pedestres na perigosa Via Parafuso (BA-535) virou ponto de morte por falta de uma passarela.


Pisca-alerta 2  O histórico de atropelos, muitos fatais, como os ocorridos no final de semana, tem a  participação direta da gestão municipal. Sempre generoso e com o discurso pronto da geração de empregos, município permitiu a construção do shopping e do lojão de alimentos sem a instalação de uma travessia como contrapartida. Com um planejamento míope, prefeitura de Camaçari também não incluiu no pacote de obras complementares necessárias ao projeto de duplicação da Via Parafuso a inclusão de passarela na região do Jardim Limoeiro.


Pisca-alerta 3 Campanha puxada pelo site Camaçari Notícias vem mostrando os riscos  de centenas de pessoas  que atravessam no local por ser o caminho mais próximo para os novos conjuntos habitacionais implantados na região.


Pisca-alerta 4 Sem alternativa, o alcaide terá de atravessar a pista em busca de uma solução. Presença do Ministério Público Estadual de Camaçari (MPE) nessa mesa de negociação é fundamental para ajudar a evitar novas mortes.


Paraíso Os 100 dias de secura no terreno árido da oposição não fizeram bem ao vereador Adauto Santos (PSD). O edil ligado ao movimento católico trocou a bancada antigovernista, guiada pelo ex-prefeito e deputado federal Luiz Caetano (PT), pelo catecismo dos independentes. Vai orar na mesma sintonia do colega de Legislativo, Binho do 2 de Julho (PCdoB).


Paraíso 2 Com a ida de Adauto para a chamada bancada independente do Legislativo de Camaçari, a base do governo Elinaldo ganha ainda mais folga. Abatendo os 4 vereadores do PT: Dentinho do Sindicato, Jackson Josué, José Marcelino e Téo Ribeiro, governistas seguem oficialmente com 15 dos 21 votos. Somados aos apoios de Adauto e Binho, número pula para 17, o equivalente a 80% dos votos. É muito mais que a maioria de 2/3 (14 votos) regimentalmente necessária para manter o controle total das ações do Legislativo, aprovando e rejeitando o que o governo Elinaldo considerar necessário. 


Outros números Leitor da Coluna pede acréscimo de informação. Diz que as notas ‘Números’, postadas no Camaçarico do último dia 12 (Confira), omitiram um dado revelador. Garante que dos 1.069 votos obtidos pela chapa Jackson Josué/Bispo da Cultura, eleitos presidente e vice do diretório do PT de Camaçari, o grupo do deputado Caetano somou cerca de 70%.


Outros números 2  Os outros estimados 300 votos vieram de outras correntes e militantes que não se sentem mais representados pelo ex-prefeito. Com a unificação das candidaturas do vereador Jackson e do produtor Bispo da Cultura, conta apresentou  um Caetano com tamanho maior que o real.


Destaque  Camaçari teve participação destacada na estatística negativa da violência no último final de semana. Segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública (SSP), 7 dos 18  homicídios  registrados em Salvador e Região Metropolitana (RMS) durante o feriado prolongado de Tiradentes ocorreram em Camaçari.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite – Editor 


24/4/2017

Mais Notícias

Pesquisa mostra crescimento na aceitação de Luciano Huck
Camaçarico 23 de novembro 2017
MP pede o bloqueio de R$ 3 milhões dos bens de Helder
Aposentadoria integral só com 40 anos de contribuição
PF prende casal de ex-governadores do Rio de Janeiro
Juiz Marcelo Bretas diz que a Lava Jato é eterna
Brasil gasta 30% da Previdência com aposentadoria dos mais ricos
MP cobra R$ 3,1 mi de ex-vereador por pagamentos irregulares
ONU considera retrocesso a proposta de proibir o aborto no Brasil
Banco Mundial defende fim do ensino gratuito para os mais ricos


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL